[post-slides]

Como eu era antes de você

como eu era antes de voceInformações: Este é um romance, escrito pela Jojo Moyes e publicado em 5 de janeiro de 2012. Foi traduzido e publicado pela Editora Intrínseca em 2013 aqui no Brasil.

Descrição: Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã que é mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

como eu era antes de voce

Opinião: Esse é um livro que mexeu comigo, pois realmente a Lou quer fazer diferença. Apesar de ela ser acomodada a sua vida, ela é diferente e  você logo percebe isso ao modo como ela se veste. Acho que a situação da família dela e sua insegurança por não ter feito uma faculdade a deixou acomodada.

A história inicia com o Will Traynor antes do acidente e pelo que vimos ele era um homem ativo, gostava de esportes radicais e era bem sucedido, mas após seu acidente ele fica deprimido e sem vontade de viver.

Logo após embarcamos na vida de Louisa Clark que é uma jovem de 26 anos, que trabalha há anos no mesmo café e sempre faz as mesmas coisas, ela possui um relacionamento há 7 anos, no qual ela sempre se pergunta porque não foi pedida em casamento ainda. Seu namorado é superficial e bem frio em minha opinião.

Quando o café onde ela trabalha tem que fechar, ela se vê sem rumo, pois não sabe fazer outra coisa, mas mesmo assim vai à busca de um novo trabalho e acaba como cuidadora de um tetraplégico, o Will Traynor.

No início foi muito difícil para ela, pois o Will não facilita e é arrogante, chato, grosso e deixa bem claro que não a quer por perto, mas ela faz o serviço dela sem questionar, mesmo não estando feliz com a situação. Mas quando ela descobre que o Will tentou suicídio a história muda, pois ela quer ajudar ele e por isso faz um acordo com os pais dele, ela pede 6 meses para poder tentar ajudá-lo a mudar de opinião.

E é aí que a história começa!

E não posso falar mais, rs. Mas o modo como a Lou tenta ajudá-lo… Ela programa vários passeios, viagem para tentar reanima-lo  e isso acabou me tocando, pois mostrou o quanto ela era boa e se importava com ele, mesmo no início ele ter demonstrado total aversão a ela. Nessa busca para ajudá-lo, os dois passam a serem cumplices, companheiros e até mesmo desenvolver um sentimento um pelo outro que vai amadurecendo ao decorrer do livro e o namorado frio da Lou passa a ficar com ciúmes.

Mas o mais engraçado é que ela tenta ajudar o Will a ver como a vida é boa e não deve ser tirada e ele ao mesmo tempo tenta fazê-la enxergar que ela é jovem e tem que ir atrás de seus sonhos.  A simplicidade como esses personagens foram construídos e como a história aconteceu, me prendeu muito e me fez chorar, rir, sentir dó e ficar realmente tocada, a história realmente é muito bonita.

Fora que a ligação que ela tem com a família e o modo como ela se preocupa e os coloca sempre acima de tudo é bonito, pois aborda as dificuldades que há em uma família, mas como eles podem se ajudar e se fortalecer.

Essa é a minha opinião sobre o livro e espero que vocês gostem. Se já leram deixa a opinião sobre o livro, mas se não leram deixa a opinião sobre a minha resenha!


Comentar

Comentários

Mariana FS em 23/09/2015 às 19:09 | Responder

Oi Carina!
Vejo esse livro receber milhares de elogios. Não só esse, como os livros da autora como um todo, e por isso quis dar uma chance para a Jojo Moyes, mas meu primeiro contato com a obra dela não foi nada positivo como o seu. Talvez eu tenha começado pelo livro errado (A Casa das Marés), mas acho que não encaro outro de novo.
Beijos,
alemdacontracapa.blogspot.com

carinapontes em 25/09/2015 às 12:57 | Responder

Olá Mariana!
Sinto muito pela sua decepção, eu já vi este livro, mas ainda não o comprei para ler… Espero que se você tiver uma oportunidade consiga ler o “Como eu era antes de você” ou até mesmo o “A garota que você deixou para trás”, pois eu amei esses dois e um foi melhor do que o outro, pelo menos para mim.
Beijos e muito obrigada pela sua opinião!

Marcos em 24/09/2015 às 20:29 | Responder

Seu comentario foi perfeito.

carinapontes em 25/09/2015 às 12:57 | Responder

Muito obrigada!
Fico feliz de você ter gostado.
Beijos



[instagram-feed]