[post-slides]

A lista de Brett

A lista de BrettInformações: Este livro foi escrito pela Lori Nelson Spielman e publicado pela Editora Verus, lançado em 2013 aqui no Brasil, é uma literatura estrangeira e seu gênero é chick-lit. Número de páginas: 364.

Descrição: Brett Bohlinger parece ter tudo na vida – um ótimo emprego como executiva de publicidade, um namorado lindo e um loft moderno e espaçoso. Até que sua adorada mãe morre e deixa no testamento uma ordem: para receber sua parte na gorda herança, Brett precisa completar a lista de sonhos que escreveu quando era uma ingênua adolescente.
Deprimida e de luto, Brett não consegue entender a decisão de sua mãe. Seus desejos adolescentes não têm nada a ver com suas ambições de agora, aos trinta e quatro anos. Alguns itens da lista exigiriam que ela reinventasse sua vida inteira. Outros parecem mesmo impossíveis. Com relutância, Brett embarca numa jornada emocionante em busca de seus sonhos de adolescência.

Opinião: Eu senti uma vontade súbita de lê-lo assim que o avistei, pois sua capa é encantadora, porém acabei não comprando de primeira instância, mas claro que li a contracapa para saber um pouco sobre a história que continha no livro de capa bonita (rs) e me interessei não apenas pela capa, mas pelo todo.

Um dia eu estava namorando os livros na Livraria Saraiva e meu namorado resolveu me dar um livro, mas eu não queria escolher, queria que ele escolhesse e conhecesse o livro que eu leria, por isso dei 3 opções e ele escolheu “A lista de Brett” e ele acertou em cheio, pois o livro é fofo e tem uma história bem escrita.

A lista de Brett

O livro aborda um assunto que é comum, até mesmo visto como clichê: a mãe morre e deixa uma lista para a filha seguir e ela consegue realizar a lista sem nenhum problema… Mas não é bem assim que acontece neste livro a Lori escolheu uma história clichê e encaminhou a história de uma forma diferente.

O modo como a lista da adolescência da Brett foi apresentada a ela, como ela deveria realizá-la e que ao final de cada realização ela receberia uma carta escrita pela mãe, foi ótima, mas claro a Brett não se sentiu nenhum um pouco confortável, pois ela já havia anunciado para o seu namorado que ela seria a próxima presidente da empresa da sua mãe e ela vinha até se preparando para isto. Então imagina, sua mãe milionária morreu, repartiu toda herança entre seus irmãos e você não recebeu absolutamente nada e a sua cunhada recebeu o título de presidente da empresa. E ao contrário do que você imaginava apenas recebeu uma lista na qual você hoje em dia acha estúpida, devido ao fato de ter crescido e mudado totalmente suas aspirações.

Claro que a Brett assim que recebeu a notícia ficou pasma e não acreditava e a cada minuto em que o Sr. Middar lia a carta de apresentação da lista, Brett ficava mais chocada, pensando que seria impossível, mas achava que uma já estava concluída. Mas conversando com o Sr. Middar resolveram esperar mais um pouco e verem se realmente estava concluída e assim ela embarcou na lista a ser cumprida, com dificuldade e sem achar que realmente conseguiria completar toda a lista.

A lista de Brett

A escrita da Lori é muito leve e eu realmente me senti envolvida do começo ao fim, pois eu li ele muito rápido – em uma semana -, não consegui parar de lê-lo e queria saber como ela resolveria as coisas, tanto com o seu namorado, com suas amigas e seu coração. Mas alguns meios de conseguir realizar a lista as vezes me passava a impressão de terem sido muito inimagináveis, mas isso não me fez desistir do livro, porque para mim isso foi o de menos, porque eu estava tão envolvida com a Brett e com as mudanças que ela



[instagram-feed]