Anna e o beijo francês

Escritora: Stephanie Perkins ǀǀ Editora:…

View more

Usei… E não gostei!

O protetor solar facial é…

View more

Mês: Novembro

Este mês vamos de livros…

View more

Mês: Outubro

As últimas dicas infanto-juvenil para…

View more

Motive-se

Ahhhh… Como eu amo o…

View more

Mês: Outubro

E o mês das crianças…

View more

Usei… E gostei!

Sabe qual é o melhor…

View more

Rocambole de carne moída com purê de batatas

Ingredientes do rocambole • 1…

View more

Mês: Novembro

Mês Novembro

Este mês vamos de livros de “auto-ajuda”, livros que vão ajudar você a levantar sua autoestima e a melhorar os seus pensamentos e hábitos negativos.

1. A sútil arte de ligar o foda-se de Mark Manson – Editora Intrínseca
Descrição: Chega de tentar buscar um sucesso que só existe na sua cabeça. Chega de se torturar para pensar positivo enquanto sua vida vai ladeira abaixo. Chega de se sentir inferior por não ver o lado bom de estar no fundo do poço.
Coaching, autoajuda, desenvolvimento pessoal, mentalização positiva — sem querer desprezar o valor de nada disso, a grande verdade é que às vezes nos sentimos quase sufocados diante da pressão infinita por parecermos otimistas o tempo todo. É um pecado social se deixar abater quando as coisas não vão bem. Ninguém pode fracassar simplesmente, sem aprender nada com isso. Não dá mais. É insuportável. E é aí que entra a revolucionária e sutil arte de ligar o foda-se.
Mark Manson usa toda a sua sagacidade de escritor e seu olhar crítico para propor um novo caminho rumo a uma vida melhor, mais coerente com a realidade e consciente dos nossos limites. E ele faz isso da melhor maneira. Como um verdadeiro amigo, Mark se senta ao seu lado e diz, olhando nos seus olhos: você não é tão especial. Ele conta umas piadas aqui, dá uns exemplos inusitados ali, joga umas verdades na sua cara e pronto, você já se sente muito mais alerta e capaz de enfrentar esse mundo cão.
Para os céticos e os descrentes, mas também para os amantes do gênero, enfim uma abordagem franca e inteligente que vai ajudar você a descobrir o que é realmente importante na sua vida, e f*da-se o resto. Livre-se agora da felicidade maquiada e superficial e abrace esta arte verdadeiramente transformadora.

2. Seja foda! de Caio Carneiro – Editora Buzz
Descrição: Aposto que você quer, no final da sua vida, olhar para trás, bater no peito com o coração cheio de felicidade, sem falsa modéstia, com plena convicção e serenidade, e dizer: minha vida foi FODA. Mas calma, encontrar este livro é só o começo. Agora, você precisa levá-lo com você. Com ele, você vai aprender comportamentos e atitudes necessários para conquistar, em todos os aspectos da sua vida, resultados incríveis. Ele vai provocar e inspirar você não só a ter o espírito elevado e sonhar com coisas inimagináveis, mas também se tornar consciente do que precisa fazer para realizar cada um desses sonhos. Vamos juntos?

3. Mentalidade de Pablo Paucar – Editora Gente
Descrição: “Ao longo dos últimos 20 anos como empresário, tendo altos e baixos, a maior lição que eu aprendi foi a de que o sucesso é um jogo mental, ou seja, a maneira como você pensa define sua qualidade de vida. O Pablo Paucar é uma das pessoas que mais entendem de mentalidade para o sucesso e, se você ler esse livro com muita atenção e aplicar tudo que está escrito aqui, mudará a sua vida para muito melhor apenas usando aquilo que ela já tem. Mudando apenas uma única coisa: sua mentalidade.”.

4. O poder do hábito de Charles Duhigg – Editora Objetiva
Descrição: Em “O Poder do Hábito – Por Que Fazemos o Que Fazemos na Vida e Nos Negócios” o autor toca em outro assunto importantíssimo, que é a criação de hábitos corretos. À primeira vista, isso pode parecer pequeno. No entanto, ao longo do livro você vai ver que, saber corrigir atitudes no momento certo pode contribuir com o seu sucesso.
Como exemplo, Duhigg conta casos de mudanças e correções de hábitos. Dentre eles, há histórias do próprio autor, mas também de outras pessoas. Você vai descobrir, por exemplo, como hábitos corretos foram importantes para garantir o sucesso do diretor executivo da Starbucks, Howard Schultz, de um dos maiores nomes da luta por direitos civis, Martim Luther King, e até do nadador Micheal Phelps, que já conquistou mais de 20 medalhas olímpicas de ouro.

Mês - Novembro

Mês: Outubro

As últimas dicas infanto-juvenil para estes mês das crianças são voltadas para alunos entre 9 e 10 anos e cada história tem uma lição profunda para ensinar aos nossos baixinhos. Ahh, e não fiquem tristes, pois indicação de livro é o que não falta neste blog, rs.

1. Papai Urso de Cecília Eudave – Editora SM
Descrição: De uns tempos para cá, o pai de Ana anda estranho: quase não dorme, mal come e já não leva a filha ao cinema, nem à sorveteria, nem às aulas de balé. Fala pouco, grita muito; só mostra garras e dentes. O que terá acontecido? A culpa deve ser do senhor Estresse, misterioso inimigo que Ana caçará implacavelmente.

2. A mulher que não sabia guardar segredos de Illan Brenman – Editora Abacatte
Descrição: Cornélia, a mulher de Plutarco, era a pessoa mais curiosa e fofoqueira da Roma Antiga. Ao perceber que algo muito sigiloso acontecia no Senado romano, não aguentou e perguntou ao marido o que estava acontecendo, prometendo-lhe um jantar especial. Assim que soube, tratou de espalhar o caso, modificando-o um pouco. A confusão se instaurou, quando Cornélia o contou à sua escrava, que o contou a um jovem escravo, que o espalhou para todos os que se reuniam na praça. O certo é que, a partir daí, a fofoca tomou novos e engraçados caminhos.

3. Drufs de Eva Furnari – Editora Moderna
Descrição: Neste livro você poderá ler certas coisinhas interessantes (ou desinteressantes) que os alunos da professora Rubi escreveram sobre suas próprias famílias. Além disso, (se você for observador) vai perceber que, desta vez, Eva Furnari fez ilustrações diferentes e intrigantes – usou seus próprios dedos como personagens.

4. O espelho das diferenças de Fabio Gai Pereira – Editora Edelbra
Descrição: João Leonardo era um menino perguntador. Se tinha uma dúvida, perguntava mesmo. E a história do ovo deu pano pra manga. Cresceu, deu cria na cabeça do João e levou-o a muitas outras perguntas, que trouxeram mais dúvidas, que viraram outras tantas perguntas para as quais ele foi buscar as respostas. A história de João Leonardo é um estímulo para reflexões de natureza filosófica e dá conta de uma necessidade que as crianças também têm: refletir para resolver seus problemas.

Mês - Outubro

Mês: Outubro

E o mês das crianças continua por aqui… O dia das crianças é na verdade todos os dias, mas porque não paparicá-las este mês todo com muitas dicas de livros e um belo incentivo a leitura?

1. Cíntia Holmes & Watson e suas incríveis descobertas (Volume 1) de Christiane Gribel – Editora Salamandra
Descrição: Cínthia Holmes, é uma menina muito esperta e precoce para os seus 7 anos. Usando a inteligência e a imaginação, ela deduziu que, com seu sobrenome, só poderia ser descendente do famoso detetive inglês Sherlock Holmes, e que, para fazer jus ao parentesco, ela precisa de duas coisas – fazer investigações e trabalhar com um companheiro, que ela encontra em seu hamster de estimação (Watson). Nesta história desenvolvida em forma de diário, o leitor vai conhecer as primeiras aventuras da dupla e irá acompanhar Cínthia no desvendamento de mistérios e na conquista de um grande amigo.

2. Guilherme Augusto Araujo Fernandes de Mem Fox – Editora Brinque Book
Descrição: Este título é o nome do personagem, que era vizinho de um asilo de idosos, todos seus amigos. Mas era de Dona Antônia que ele mais gostava. Quando soube que ela perdera a memória, quis saber o que isso significava e foi perguntar aos outros moradores do asilo. Como resposta, ouve que memória é algo: bem antigo, que faz chorar, faz rir, vale ouro e é quente… Então, monta uma cesta e vai levá-la a Dona Antônia. Quando ela recebe os presentes ‘maravilhosos’, conchas, marionete, medalha, bola de futebol e um ovo ainda quente, cada um deles lhe devolve a lembrança de belas histórias.

3. Os cinco esquisitos de Beatrice Alemagna – Editora Martins Fontes
Descrição: Eram cinco. Cinco esquisitos. Eles não conseguiam fazer nada na vida, nem tinham vontade de fazer grande coisa. Certo dia, ninguém sabe de onde, chegou um sujeito extraordinário. Com ilustrações e texto muito bem-humorados, Beatrice Alemagna mostra que às vezes as esquisitices são muito menos esquisitas e as perfeições muito menos perfeitas do que parecem.

4. Depois do foram felizes para sempre de Ilan Brenman – Editora Callis
Descrição: E eles viveram felizes para sempre.’ É assim que boa parte dos contos infantis termina, mas o que pode ter acontecido depois disso? O que será que a Branca de Neve, a Rapunzel ou o Pequeno Polegar andaram aprontando após o ‘fim’ da história? Ilan Brenman conta aos pequenos leitores o que aconteceu depois que as histórias chegaram ao ‘fim’.

Mês - Outubro 2018

 

Mês: Outubro

Mês das crianças pede o que???? Livros!!!! Pois as crianças só precisam de um incentivo a leitura para despertarem esse gosto pela leitura 😀

1. Os três porquinhos de porcelana de Tino Freitas – Editora Melhoramentos
Descrição: Coelha trabalhou a vida toda e criou três filhas. Seu sonho era se aposentar, construir uma casa para cada uma e então viajar pelo mundo. Para realizá-lo, juntou trezentas moedas de ouro e as escondeu no topo de uma montanha. Para sua tristeza, Lô Bomau, o único habitante malquisto da região, descobriu seu esconderijo e lhe roubou todas as moedas. Logo Coelha descobriu o roubo e identificou o culpado. Como não conseguia provar nada, resolveu traçar um plano para recuperar as moedas.

2. Cara Carlota Cornelius de Mathilde Stein – Editora Martins Fontes
Descrição: Sobre o capacho da entrada de sua casa, Carlota Cora Cornelius encontra um envelope endereçado a ela. De quem será a carta misteriosa? Em sua imaginação e com os olhos do desejo, Carlota lê cartas aparentemente improváveis, que a convidam a se libertar das suas quatro paredes e do jugo da mãe.

3. Menino parafuso de Olívia de Mello Franco – Editora Autêntica Infanto Juvenil
Descrição: Saído de um canavial, um menino percorre os quintais da vizinhança e vai vestindo saias e anáguas que recolhe dos varais. Dança e rebola, gira, faz piruetas… À medida que se veste e desenvolve sua coreografia, a curiosidade (e, certamente, as hipóteses…) se instala no leitor – quem será esse menino? Aonde será que ele vai? Por que veste todas essas saias?

4. Diário de uma minhoca de Doreen Cronin – Editora Companhia das Letrinhas
Descrição: O dia-a-dia deste minhoco é bem parecido com o nosso: ele vai à escola, gosta de brincar com os amigos e detesta fazer lição de casa. Também não estamos falando de um mau aluno; muito pelo contrário, ele é nota dez em escavação e adubagem. Acontece que, como todo bom minhoquinho, às vezes ele não resiste e almoça o trabalho da escola. Mas ser minhoca tem lá suas vantagens. Lendo este diário, você vai ter uma idéia de como é a vida em um mundo subterrâneo, onde ninguém precisa tomar banho nem ir ao dentista. E onde a temporada de pesca é motivo de pânico.

Mês - Outubro 2018

Mês: Setembro

Mês Setembro

Este mês as dicas de livros serão direcionadas para os livros de suspense, pois não me canso de ler livros de suspense e desejar mais histórias que me façam querer ler mais e mais e viajar na leitura…

1. A outra Sra. Parrish de Liv Constantine – Editora Harpercollins
Descrição: Amber Patterson não aguenta mais. Está cansada de ser uma ninguém: uma mulher sem graça e invisível que não se destaca na multidão. Ela merece mais – uma vida de dinheiro e poder como a que Daphne Parrish, a deusa loira dos olhos azuis, tem e não valoriza.
Para todos na pequena cidade de Bishops Harbor em Connecticut, a socialite e filantropa Daphne e seu marido Jackson, o magnata do mercado imobiliário, são um casal que parece recém-saído de um conto de fadas. A inveja de Amber poderia consumi-la por dentro… Se ela não tivesse um plano.
Amber usa da compaixão de Daphne para se inserir na vida da família – o primeiro passo de um esquema meticuloso para destruí-la. Em pouco tempo, ela se torna a amiga mais próxima de Daphne, vai para a Europa com os Parrish e suas duas belas filhas, e se aproxima de Jackson. No entanto, um fantasma de seu passado pode destruir tudo que ela construiu e, se seu segredo for descoberto, seu plano perfeito pode ir por água abaixo. Com reviravoltas chocantes e segredos tão profundos que te deixarão tentando adivinhá-los até o final da história.

2. Uma mentira perfeita de Lisa Scottoline – Editora Harpercollins
Descrição: Chris Brennan acaba de se mudar para Central Valley, na Pensilvânia. Ele veio atrás de um emprego como professor substituto e treinador de beisebol na escola de ensino médio local, com um currículo impecável e boas maneiras que só um bom homem poderia ter. Mas tudo sobre ele é uma mentira. Seu nome é um pseudônimo, seu currículo é falso. E ele veio para a cidade com um plano, que a princípio é perfeito – e para cumpri-lo, precisa ficar de olho no time de beisebol.
Encontrar o que precisa para cumprir seus planos não deve ser tarefa difícil, e Chris foca sua busca em três meninos cujas vidas (e as de suas mães) giram em torno do time: Raz Sematov, o arremessador, um menino geralmente alegre e bem humorado que acabou de perder o pai; Evan Kostis, que é rico, mimado e problemático além de ser a sensação do time, e Jordan Larking, o novato, um garoto tímido e reservado.
Encantador e repleto de suspense, A mentira perfeita é um incrível thriller emocional, uma história criminal suburbana que prende os leitores até o final, com reviravoltas impressionantes e personagens que você não esquecerá facilmente.

3. O Homem de Giz de C. J. Tudor – Editora Intrínseca
Descrição: Em 1986, Eddie e os amigos passam a maior parte dos dias andando de bicicleta pela pacata vizinhança em busca de aventuras. Os desenhos a giz são seu código secreto: homenzinhos rabiscados no asfalto; mensagens que só eles entendem. Mas um desenho misterioso leva o grupo de crianças até um corpo desmembrado e espalhado em um bosque. Depois disso, nada mais é como antes.
Em 2016, Eddie se esforça para superar o passado, até que um dia ele e os amigos de infância recebem um mesmo aviso: o desenho de um homem de giz enforcado. Quando um dos amigos aparece morto, Eddie tem certeza de que precisa descobrir o que de fato aconteceu trinta anos atrás.

4. Sob águas escuras de Robert Bryndza – Editora Brasil Gutenberb
Descrição: Quando a Detetive Erika Foster vasculha, com sua equipe, um lago artificial nos arredores de Londres em busca de uma valiosa pista de um caso de narcóticos, ela encontra muito mais do que eles estavam procurando.
Do fundo do lago são recuperados dois pacotes: um deles contém 4 milhões de libras em heroína. O outro… o esqueleto de uma criança.Os restos mortais são de Jessica Collins, uma garota desaparecida há 26 anos e que foi a principal manchete de todos os noticiários da época. Erika, então, precisa revirar o passado e desenterrar os traumas da família Collins para descobrir mais sobre o trabalho de Amanda Baker, a detetive original do caso – uma mulher torturada pelo seu fracasso na busca por Jessica.
Muitos mistérios envolvem esse crime, e alguém que não quer que o caso seja resolvido fará de tudo para impedir que Erika Foster descubra a verdade.

Mês - Setembro

Mês: Agosto

As aulas já começaram, por isso que tal comprar aquele livro legal para as crianças não ficarem apenas no celular? A leitura irá ajudar em todos os campos escolares… Por isso vamos as dicas infanto-juvenis de hoje!

1. Os Moomins e o dilúvio de Tove Jansson – Editora Autêntica e Infanto Juvenil
Descrição: Nessa primeira grande aventura da família, Moomin Pai tinha sumido. Moomintrol e Moomin Mãe saíram à procura de um lugar para se abrigar no inverno e resolveram procurar por ele. No caminho, enfrentaram um dilúvio, conheceram criaturas divertidas e estranhas, fizeram amigos e passaram apertos, até que chegaram ao lugar que viria a ser o Vale dos Moomins, onde muitas aventuras os aguardam…

2. Felpo Silva de Eva Furnari – Editora Moderna
Descrição: Esta é a história do Felpo, um coelho poeta um pouco neurótico. Um dia, ele recebeu a carta de uma fã que discordava dos seus poemas, a Charlô. Ele ficou muito indignado e isso deu início a uma troca de correspondências entre eles. O livro conta essa história de maneira divertida, usando os mais variados tipos de texto, como poema, fábula, carta, manual, receita e até autobiografia, permitindo, assim que o leitor entre em contato com as diversas funções da escrita.

3. As cartas de Ronroroso de Hiawyn Oram – Editora Salamandra
Descrição: Ele se chama Ronroroso Seramago de Bragança B (RB, para encurtar) e tem um problema grande como seu nome de família: apesar de ser um gato de bruxa da mais alta estirpe, sua bruxa, Hilda Bruxilda, quer ser tudo, menos o que deveria ser… Suba na vassoura e divirta-se à beça com os dramas de Ronroroso, o gato da bruxa que não quer ser bruxa!

4. Lolo Barnabé de Eva Furnari – Editora Moderna
Descrição: Nesta história vocês vão ver que Lolo Barnabé era um sujeito inteligente e criativo. Ele nasceu há muito tempo, no tempo das cavernas. E caverna, vocês sabem, é um lugar úmido e escuro. A família do Barnabé, com razão, queria um lugar melhorzinho para morar, com mais conforto. Afinal, vocês vão concordar comigo: conforto é bom demais. Só que, nessa busca, algo saiu errado. Você é capaz de entender o que foi que aconteceu?

Mês - Agosto 2018

Mês: Julho

Julho 2018

Para hoje as dicas são de histórias que irão nos transportar imediatamente para Paris… Estamos no finalzinho das férias e nada melhor do que viajar na leitura para não nos sentirmos tristes, rs.

1. A livraria mágica de Paris de Nina George – Editora Record
Descrição: O livreiro parisiense Jean Perdu sabe exatamente que livro cada cliente deve ler para amenizar os sofrimentos da alma. Em seu barco livraria, ele vende romances como se fossem remédios. Infelizmente, o único sofrimento que não consegue curar é o seu: a desilusão amorosa que o atormenta há 21 anos, desde que a bela Manon partiu enquanto ele dormia. Tudo o que ela deixou foi uma carta que Perdu não teve coragem de ler. Até um determinado verão o verão que muda tudo e que leva Monsieur Perdu a abandonar a casa na estreita rua Montagnard e a embarcar numa jornada que o levará ao coração da Provence e de volta ao mundo dos vivos.

2. Almoço em Paris de Elizabeth Bard – Editora Leblon
Descrição: Almoço em Paris: Uma Deliciosa História de Amor, Com Receitas. Metade romance, metade um surpreendente livro de receitas, Almoço em Paris é um pequeno doce de patisserie, uma divertida história de amor que fala direto ao coração, sobre uma americana que se apaixona por um francês e narra sua mudança para a cidade mais romântica do mundo – não a versão hollywoodiana, mas a verdadeira Paris, uma intoxicante mistura de morcela e verbos irregulares. De limpar as tripas de seu primeiro peixe (com uma pequena ajuda de Jane Austen) e discutir com açougueiros mal humorados, até descobrir paradisíacas lojas de chocolate, Elizabeth Bard descobre que aprender a cozinhar e construir uma nova vida como estrangeira em uma terra estranha tem muito em comum. Durante esse percurso ela descobre o verdadeiro significado da palavra casa – e a verdadeira razão pela qual as mulheres francesas não engordam… Temperado com receitas incríveis, essa história de amor de dar água na boca é perfeita para qualquer mulher que já tenha imaginado que um almoço em Paris poderia mudar sua vida.

3. Não se esqueça de Paris de Deborah Mackinlay – Editora Globo Livros
Descrição: Tudo começa com uma carta… Eve Pethwork é uma inglesa insegura e um tanto ansiosa que está assoberbada com os preparativos para o casamento da filha. Eve tem mais de quarenta anos e vive enclausurada em sua casa, pois espaços públicos lhe provocam angústia e a interação com outras pessoas é difícil para ela.
Jackson Cooper é um escritor bem-sucedido que vive nos Estados Unidos. Apesar de estar sempre rodeado por pessoas, especialmente mulheres, vive em eterna crise amorosa. Enquanto tenta colocar seu relacionamento com a nova namorada nos trilhos, Jackson vive o maior bloqueio criativo de sua carreira. Sem rumo para o novo livro, começa a questionar suas escolhas e suas expectativas para o futuro.
Vencendo sua própria timidez, Eve decide escrever uma carta para Jackson, seu autor preferido, elogiando uma cena narrada em um de seus livros. Embora esteja acostumado com o assédio das fãs, ele é atraído pelas palavras de Eve e decide responder sua mensagem. A partir daí uma troca de mensagens surge entre eles.
A criatividade que falta a Jackson nas páginas em branco acaba sendo canalizada para a cozinha, onde passa horas preparando os mais diferentes pratos. Porém, para sua frustração, sua namorada é vegetariana e ele quase sempre é obrigado a degustar suas criações sozinho. Só que ele logo descobre que a culinária também é uma das paixões de Eve e o amor pela boa-mesa estreita ainda mais os laços entre os dois.
Apesar da distância e de não terem aparentemente nada em comum, a curiosidade fala mais alto e Jackson decide marcar um encontro com Eve. Como vivem em continentes diferentes, ele propõe como cenário a cidade de Paris, a Meca da gastronomia – e dos amantes. Eve é então colocada em xeque, sendo desafiada a vencer todos os seus medos em nome daquilo que pode ser a história de amor com a qual sempre sonhou.

4. Piquenique na Provence de Elizabeth Bard – Editora Rocco
Descrição: Há dez anos, a nova-iorquina Elizabeth Bard seguiu um atraente francês por uma escada em espiral para o amor no coração de Paris. Agora, com um bebê a caminho, ela tem certeza de que encontrou seu lugar definitivo: a pequena vila provençal de Céreste. Apaixonados pela história do lugar, o casal resolve se mudar – de mala e cuia e Le Creuset – para a zona rural francesa e abrir uma loja de sorvetes artesanais, a Scaramouche, que se tornou uma das top 5 sorveterias da França. Piquenique na Provence mostra, entre receitas tentadoras e com um texto inteligente e bem-humorado, a trajetória de uma jornalista norte-americana aprendendo os truques da maternidade francesa, uma família encontrando uma nova paixão profissional e a iniciação de uma cozinheira na culinária clássica da Provence. Uma deliciosa mistura de Comer, rezar, amar, Um ano na Provence e Sob o sol da Toscana.

Mês - Julho

Mês: Julho

Julho 2018

O mês de julho é um ótimo mês para ajudarmos os nossos pequenos que estão aprendendo a ler, e podemos fazer isso incentivando a leitura de cartazes, listas e até mesmo de pequenos livros, por isso hoje vim dar indicações de livros curtos para serem lidos e apreciados pelos nossos pequenos.

1. Da pequena toupeira que queria saber quem tinha feito cocô na cabeça dela de Werner Holzwarth – Editora Companhia das Letrinhas
Descrição: Para esclarecer o enigma, a pequena toupeira interroga todos os animais que encontra no campo, até que finalmente, graças à ajuda de uma dupla de especialistas, acha o culpado e dá um jeito de se vingar.

2. Charalina de Nelson Albbisu – Editora Paulinas
Descrição: Charalina é uma velha chaleira que depois de muitos anos de serviço na cozinha, vive jogada no quintal. No entanto, a natureza a acolhe e faz nascer dentro dela uma linda flor.

3. A Zeropeia de Herbert de Souza – Editora Salamandra
Descrição: A centopeia está andando por aí quando encontra uma barata e, também, um grande dilema: se com seis pernas a barata consegue ser tão ágil, será que uma centopeia precisa mesmo de cem? O boi, com apenas quatro, sabe se virar muito bem… E o macaco, com duas, consegue fazer tanta coisa… Muitos bichos e problemas depois, a centopeia acaba fazendo uma grande descoberta!

4. O joelho Juvenal de Ziraldo – Editora Melhoramentos
Descrição: Juvenal era o joelho de um menino levado. Vivia esfolado, é verdade, mas tinha muitos momentos alegres e felizes. Só que o menino cresceu, e Juvenal tem agora um reivindicação a fazer.

Mês: Julho

Mês: Julho

Julho 2018

Cada vez mais o gênero sick lit vem conquistando o gosto da população e tomando espaço nas estantes das livrarias, por isso neste mês tão cheio de tempo para realizar leituras, vim fazer umas indicações deste gênero que consiste em enredos de personagens depressivos, doentes, enfermos e até mesmo com alguns distúrbios.

Os livros mais conhecidos deste gênero são “A culpa é das estrelas” e o “Extraordinário”, para ampliarmos nosso conhecimento de livros deste gênero eu trouxe quatro indicações para vocês!

1. Antes de partir de Colleen Oakley – Editora Bertrand Brasil
Descrição: Na véspera do que esperava ser uma triunfante comemoração de três anos livre do câncer, Daisy, 27 anos, sofre um golpe devastador: seu médico lhe diz que a doença está de volta, desta vez ainda mais agressiva. Tendo apenas de quatro a seis meses de vida, ela está apavorada com o que será de seu marido, Jack, quando não estiver mais lá para cuidar dele. Esse medo tira seu sono, até que uma solução lhe vem à mente: ela precisa encontrar outra mulher para ele. Com uma determinação singular, Daisy visita parques, cafeterias e sites de relacionamento à procura do par perfeito para Jack. Mas, à medida que ela avança em sua busca, ela se vê forçada a decidir o que é mais importante no curto tempo que lhe resta: a felicidade de seu marido ou a sua própria?

2. Uma vida para sempre de Simone Taiette – Editora Novos Talentos
Descrição: Ethel diz estar morrendo. Contudo, não afirma isso apenas em razão de sua doença. Talvez a única certeza de nossa existência seja a morte, o fato de que ela chega para todos. Mas nem por isso deixa de ser a maior incógnita da vida. Em um hospital, em meio à dor das histórias dos pacientes, Ethel encontrou amigos. Entre passeios em cemitérios, frequentando velórios e enterros de estranhos, ela tenta preparar a si e aqueles que ama, para o que parece estar ali tão próximo, o fim.
Entretanto, não esperava enfrentar algumas surpresas que a fizessem duvidar de tal preparação. As estatísticas ruins, a inexorável passagem do tempo. Onde reside a lógica disso que nos arranca pedaços, da súbita inexistência do que outrora era vívido e pulsante? Um corpo que jaz. Palavras que se perdem. A finitude de tudo o que é tão belo talvez seja a maior dor do mundo. Uma vida para sempre é um compilado de desejos, pensamentos e dias. Quanto dura o para sempre? Ethel descobriu.

3. Garota em pedaços de Kathleen Glasgow – Editora Outro Planeta
Descrição: Além de enfrentar anos de bullying na escola, Charlotte Davis perde o pai e a melhor amiga, precisando então lidar com essa dor e com as consequências do Transtorno do Controle do Impulso – um distúrbio que leva as pessoas a se automutilarem. “Viver não é fácil. ” Quando o plano de saúde de sua mãe suspende seu tratamento numa clínica psiquiátrica – para onde foi após se cortar até quase ficar sem vida –, Charlotte Davis troca a gelada Minneapolis pela ensolarada Tucson, no Arizona (EUA), na tentativa de superar seus medos e decepções. Apesar do esforço em acertar, nessa nova fase da vida ela acaba se envolvendo com uma série de tipos não muito inspiradores. Cansada de se alimentar do sofrimento, a jovem se imbui de uma enorme força de vontade e decide viver e não mais sobreviver. Para fugir do círculo vicioso da dor, Charlotte usa seu talento para o desenho e foca em algo produtivo, embarcando de cabeça no mundo das artes. Esse é o caminho que ela traça em busca da cura para as feridas deixadas por suas perdas e os cortes profundos e reais que imprimiu em seu corpo.

4. Juntando os pedaços de Jennifer Niven – Editora Seguinte
Descrição: Jack tem prosopagnosia, uma doença que o impede de reconhecer o rosto das pessoas. Quando ele olha para alguém, vê os olhos, o nariz, a boca… mas não consegue juntar todas as peças do quebra-cabeça para gravar na memória. Então ele usa marcas identificadoras, como o cabelo, a cor da pele, o jeito de andar e de se vestir, para tentar distinguir seus amigos e familiares. Mas ninguém sabe disso — até o dia em que ele encontra a Libby. Libby é nova na escola. Ela passou os últimos anos em casa, juntando os pedaços do seu coração depois da morte de sua mãe. A garota finalmente se sente pronta para voltar à vida normal, mas logo nos primeiros dias de aula é alvo de uma brincadeira cruel por causa de seu peso e vai parar na diretoria. Junto com Jack. Aos poucos essa dupla improvável se aproxima e, juntos, eles aprendem a enxergar um ao outro como ninguém antes tinha feito.

Julho 2018

Mês: Julho

Julho 2018

Os livros que irei indicar hoje viraram séries fantásticas, e como estamos no mês das férias, dá para ler o livro e ainda começar a assistir a série se vocês quiserem. Não sei vocês, mas eu prefiro ler antes de assistir…

1. Anne de Green Gables de L. M. Montgomery – Editora Martins
Descrição: Uma menina de 11 anos, com cabelos ruivos, sardas e uma mente tão perspicaz quanto a de um cientista em busca de conhecimento, chega a uma terra onde as tardes são calmas; os pores do sol alaranjados; as florestas aconchegantes; e os rios suaves, como o ritmo do povoado. Sua boca é uma matraca, e seus sonhos são maiores que moinhos de vento. Anne vai crescendo e crescendo, e de patinho feio revela-se um elegante e atento cisne, pronto para abrir suas asas e voar para além das veredas. Mas a vida é feita de artimanhas, e a garotinha adotada pelos irmãos Marilla e Matthew tem algumas cercas a pular, sem jamais deixar seus sonhos desvanecerem, como algumas criaturas fazem.

2. Under the dome de Sthephen King – Editora Suma de Letras
Descrição: Em um dia como outro qualquer em Chester’s Mill, no Maine, a pequena cidade é subitamente isolada do resto do mundo por um campo de força invisível. Os moradores da cidade percebem que terão de lutar por sua sobrevivência. O isolamento expõe os medos e as ambições de cada um, até os sentimentos mais reprimidos. Assim, enquanto correm contra o pouco tempo que têm para descobrir a origem da redoma e uma forma de desfazê-la, ainda terão de combater a crueldade humana em sua forma mais primitiva.

3. Outlander – A viajante do tempo (Livro I) de Diana Gabaldon – Editora Arqueiro
Descrição: Em 1945, no final da Segunda Guerra Mundial, a enfermeira Claire Randall volta para os braços do marido, com quem desfruta uma segunda lua de mel em Inverness, nas Ilhas Britânicas. Durante a viagem, ela é atraída para um antigo círculo de pedras, no qual testemunha rituais misteriosos. Dias depois, quando resolve retornar ao local, algo inexplicável acontece: de repente se vê no ano de 1743, numa Escócia violenta e dominada por clãs guerreiros.
Tão logo percebe que foi arrastada para o passado por forças que não compreende, Claire precisa enfrentar intrigas e perigos que podem ameaçar a sua vida e partir o seu coração. Ao conhecer Jamie, um jovem guerreiro das Terras Altas, sente-se cada vez mais dividida entre a fidelidade ao marido e o desejo pelo escocês. Será ela capaz de resistir a uma paixão arrebatadora e regressar ao presente?

4. Orange is the new black de Piper Kerman – Editora Íntrinseca
Descrição: Quando era jovem, tudo o que Piper Kerman queria era viver novas experiências, conhecer pessoas diferentes e descobrir o que fazer com o diploma recém-adquirido da prestigiosa Smith College. Anos depois, com um bom emprego e prestes a se casar, ela recebe uma visita inesperada: a polícia. Piper estava sendo intimada para responder por envolvimento com o tráfico internacional de drogas.
A acusação era verdadeira: recém-formada, Piper teve um caso com uma traficante glamorosa que a convenceu a levar uma maleta de dinheiro para a Europa. Sua aventura pelo submundo do crime voltou à tona no dia em que a polícia bateu à porta dela. Depois de uma dolorosa odisseia pelo sistema judiciário americano, Piper é condenada a quinze meses de detenção numa penitenciária feminina no meio do nada — longe dos amigos, da família e de tudo o que ela conhecia.
Em ‘Orange Is the New Black’, Piper apresenta casos curiosos, perturbadores, comoventes e divertidos do dia a dia no presídio. Cercada de criminosas, logo percebe que aquelas mulheres são muito mais complexas do que ela imaginava. Ao mesmo tempo que aprende a conviver com regras arbitrárias e um rigoroso código de conduta, Piper revela as alegrias e angústias das presidiárias e analisa a crueldade com que o sistema carcerário as desumaniza e faz com que sejam invisíveis ao mundo exterior.

Mês: Julho