A mulher na cabine 10

Escritora: Ruth Ware ǀǀ Editora:…

View more

Usei… E gostei!

Se você assim como eu…

View more

Antepasto de berinjela

Ingredientes • 1 berinjela grande…

View more

Mês: Setembro

Este mês as dicas de…

View more

Motive-se

Para acabar com a negatividade…

View more

Meu pé de laranja lima

Escritora: José Mauro de Vaconcelos…

View more

Mês: Agosto

As aulas já começaram, por…

View more

Danoninho caseiro

Esta é uma receita que…

View more

Mês: Setembro

Mês Setembro

Este mês as dicas de livros serão direcionadas para os livros de suspense, pois não me canso de ler livros de suspense e desejar mais histórias que me façam querer ler mais e mais e viajar na leitura…

1. A outra Sra. Parrish de Liv Constantine – Editora Harpercollins
Descrição: Amber Patterson não aguenta mais. Está cansada de ser uma ninguém: uma mulher sem graça e invisível que não se destaca na multidão. Ela merece mais – uma vida de dinheiro e poder como a que Daphne Parrish, a deusa loira dos olhos azuis, tem e não valoriza.
Para todos na pequena cidade de Bishops Harbor em Connecticut, a socialite e filantropa Daphne e seu marido Jackson, o magnata do mercado imobiliário, são um casal que parece recém-saído de um conto de fadas. A inveja de Amber poderia consumi-la por dentro… Se ela não tivesse um plano.
Amber usa da compaixão de Daphne para se inserir na vida da família – o primeiro passo de um esquema meticuloso para destruí-la. Em pouco tempo, ela se torna a amiga mais próxima de Daphne, vai para a Europa com os Parrish e suas duas belas filhas, e se aproxima de Jackson. No entanto, um fantasma de seu passado pode destruir tudo que ela construiu e, se seu segredo for descoberto, seu plano perfeito pode ir por água abaixo. Com reviravoltas chocantes e segredos tão profundos que te deixarão tentando adivinhá-los até o final da história.

2. Uma mentira perfeita de Lisa Scottoline – Editora Harpercollins
Descrição: Chris Brennan acaba de se mudar para Central Valley, na Pensilvânia. Ele veio atrás de um emprego como professor substituto e treinador de beisebol na escola de ensino médio local, com um currículo impecável e boas maneiras que só um bom homem poderia ter. Mas tudo sobre ele é uma mentira. Seu nome é um pseudônimo, seu currículo é falso. E ele veio para a cidade com um plano, que a princípio é perfeito – e para cumpri-lo, precisa ficar de olho no time de beisebol.
Encontrar o que precisa para cumprir seus planos não deve ser tarefa difícil, e Chris foca sua busca em três meninos cujas vidas (e as de suas mães) giram em torno do time: Raz Sematov, o arremessador, um menino geralmente alegre e bem humorado que acabou de perder o pai; Evan Kostis, que é rico, mimado e problemático além de ser a sensação do time, e Jordan Larking, o novato, um garoto tímido e reservado.
Encantador e repleto de suspense, A mentira perfeita é um incrível thriller emocional, uma história criminal suburbana que prende os leitores até o final, com reviravoltas impressionantes e personagens que você não esquecerá facilmente.

3. O Homem de Giz de C. J. Tudor – Editora Intrínseca
Descrição: Em 1986, Eddie e os amigos passam a maior parte dos dias andando de bicicleta pela pacata vizinhança em busca de aventuras. Os desenhos a giz são seu código secreto: homenzinhos rabiscados no asfalto; mensagens que só eles entendem. Mas um desenho misterioso leva o grupo de crianças até um corpo desmembrado e espalhado em um bosque. Depois disso, nada mais é como antes.
Em 2016, Eddie se esforça para superar o passado, até que um dia ele e os amigos de infância recebem um mesmo aviso: o desenho de um homem de giz enforcado. Quando um dos amigos aparece morto, Eddie tem certeza de que precisa descobrir o que de fato aconteceu trinta anos atrás.

4. Sob águas escuras de Robert Bryndza – Editora Brasil Gutenberb
Descrição: Quando a Detetive Erika Foster vasculha, com sua equipe, um lago artificial nos arredores de Londres em busca de uma valiosa pista de um caso de narcóticos, ela encontra muito mais do que eles estavam procurando.
Do fundo do lago são recuperados dois pacotes: um deles contém 4 milhões de libras em heroína. O outro… o esqueleto de uma criança.Os restos mortais são de Jessica Collins, uma garota desaparecida há 26 anos e que foi a principal manchete de todos os noticiários da época. Erika, então, precisa revirar o passado e desenterrar os traumas da família Collins para descobrir mais sobre o trabalho de Amanda Baker, a detetive original do caso – uma mulher torturada pelo seu fracasso na busca por Jessica.
Muitos mistérios envolvem esse crime, e alguém que não quer que o caso seja resolvido fará de tudo para impedir que Erika Foster descubra a verdade.

Mês - Setembro

Mês: Agosto

As aulas já começaram, por isso que tal comprar aquele livro legal para as crianças não ficarem apenas no celular? A leitura irá ajudar em todos os campos escolares… Por isso vamos as dicas infanto-juvenis de hoje!

1. Os Moomins e o dilúvio de Tove Jansson – Editora Autêntica e Infanto Juvenil
Descrição: Nessa primeira grande aventura da família, Moomin Pai tinha sumido. Moomintrol e Moomin Mãe saíram à procura de um lugar para se abrigar no inverno e resolveram procurar por ele. No caminho, enfrentaram um dilúvio, conheceram criaturas divertidas e estranhas, fizeram amigos e passaram apertos, até que chegaram ao lugar que viria a ser o Vale dos Moomins, onde muitas aventuras os aguardam…

2. Felpo Silva de Eva Furnari – Editora Moderna
Descrição: Esta é a história do Felpo, um coelho poeta um pouco neurótico. Um dia, ele recebeu a carta de uma fã que discordava dos seus poemas, a Charlô. Ele ficou muito indignado e isso deu início a uma troca de correspondências entre eles. O livro conta essa história de maneira divertida, usando os mais variados tipos de texto, como poema, fábula, carta, manual, receita e até autobiografia, permitindo, assim que o leitor entre em contato com as diversas funções da escrita.

3. As cartas de Ronroroso de Hiawyn Oram – Editora Salamandra
Descrição: Ele se chama Ronroroso Seramago de Bragança B (RB, para encurtar) e tem um problema grande como seu nome de família: apesar de ser um gato de bruxa da mais alta estirpe, sua bruxa, Hilda Bruxilda, quer ser tudo, menos o que deveria ser… Suba na vassoura e divirta-se à beça com os dramas de Ronroroso, o gato da bruxa que não quer ser bruxa!

4. Lolo Barnabé de Eva Furnari – Editora Moderna
Descrição: Nesta história vocês vão ver que Lolo Barnabé era um sujeito inteligente e criativo. Ele nasceu há muito tempo, no tempo das cavernas. E caverna, vocês sabem, é um lugar úmido e escuro. A família do Barnabé, com razão, queria um lugar melhorzinho para morar, com mais conforto. Afinal, vocês vão concordar comigo: conforto é bom demais. Só que, nessa busca, algo saiu errado. Você é capaz de entender o que foi que aconteceu?

Mês - Agosto 2018

Mês: Julho

Julho 2018

Para hoje as dicas são de histórias que irão nos transportar imediatamente para Paris… Estamos no finalzinho das férias e nada melhor do que viajar na leitura para não nos sentirmos tristes, rs.

1. A livraria mágica de Paris de Nina George – Editora Record
Descrição: O livreiro parisiense Jean Perdu sabe exatamente que livro cada cliente deve ler para amenizar os sofrimentos da alma. Em seu barco livraria, ele vende romances como se fossem remédios. Infelizmente, o único sofrimento que não consegue curar é o seu: a desilusão amorosa que o atormenta há 21 anos, desde que a bela Manon partiu enquanto ele dormia. Tudo o que ela deixou foi uma carta que Perdu não teve coragem de ler. Até um determinado verão o verão que muda tudo e que leva Monsieur Perdu a abandonar a casa na estreita rua Montagnard e a embarcar numa jornada que o levará ao coração da Provence e de volta ao mundo dos vivos.

2. Almoço em Paris de Elizabeth Bard – Editora Leblon
Descrição: Almoço em Paris: Uma Deliciosa História de Amor, Com Receitas. Metade romance, metade um surpreendente livro de receitas, Almoço em Paris é um pequeno doce de patisserie, uma divertida história de amor que fala direto ao coração, sobre uma americana que se apaixona por um francês e narra sua mudança para a cidade mais romântica do mundo – não a versão hollywoodiana, mas a verdadeira Paris, uma intoxicante mistura de morcela e verbos irregulares. De limpar as tripas de seu primeiro peixe (com uma pequena ajuda de Jane Austen) e discutir com açougueiros mal humorados, até descobrir paradisíacas lojas de chocolate, Elizabeth Bard descobre que aprender a cozinhar e construir uma nova vida como estrangeira em uma terra estranha tem muito em comum. Durante esse percurso ela descobre o verdadeiro significado da palavra casa – e a verdadeira razão pela qual as mulheres francesas não engordam… Temperado com receitas incríveis, essa história de amor de dar água na boca é perfeita para qualquer mulher que já tenha imaginado que um almoço em Paris poderia mudar sua vida.

3. Não se esqueça de Paris de Deborah Mackinlay – Editora Globo Livros
Descrição: Tudo começa com uma carta… Eve Pethwork é uma inglesa insegura e um tanto ansiosa que está assoberbada com os preparativos para o casamento da filha. Eve tem mais de quarenta anos e vive enclausurada em sua casa, pois espaços públicos lhe provocam angústia e a interação com outras pessoas é difícil para ela.
Jackson Cooper é um escritor bem-sucedido que vive nos Estados Unidos. Apesar de estar sempre rodeado por pessoas, especialmente mulheres, vive em eterna crise amorosa. Enquanto tenta colocar seu relacionamento com a nova namorada nos trilhos, Jackson vive o maior bloqueio criativo de sua carreira. Sem rumo para o novo livro, começa a questionar suas escolhas e suas expectativas para o futuro.
Vencendo sua própria timidez, Eve decide escrever uma carta para Jackson, seu autor preferido, elogiando uma cena narrada em um de seus livros. Embora esteja acostumado com o assédio das fãs, ele é atraído pelas palavras de Eve e decide responder sua mensagem. A partir daí uma troca de mensagens surge entre eles.
A criatividade que falta a Jackson nas páginas em branco acaba sendo canalizada para a cozinha, onde passa horas preparando os mais diferentes pratos. Porém, para sua frustração, sua namorada é vegetariana e ele quase sempre é obrigado a degustar suas criações sozinho. Só que ele logo descobre que a culinária também é uma das paixões de Eve e o amor pela boa-mesa estreita ainda mais os laços entre os dois.
Apesar da distância e de não terem aparentemente nada em comum, a curiosidade fala mais alto e Jackson decide marcar um encontro com Eve. Como vivem em continentes diferentes, ele propõe como cenário a cidade de Paris, a Meca da gastronomia – e dos amantes. Eve é então colocada em xeque, sendo desafiada a vencer todos os seus medos em nome daquilo que pode ser a história de amor com a qual sempre sonhou.

4. Piquenique na Provence de Elizabeth Bard – Editora Rocco
Descrição: Há dez anos, a nova-iorquina Elizabeth Bard seguiu um atraente francês por uma escada em espiral para o amor no coração de Paris. Agora, com um bebê a caminho, ela tem certeza de que encontrou seu lugar definitivo: a pequena vila provençal de Céreste. Apaixonados pela história do lugar, o casal resolve se mudar – de mala e cuia e Le Creuset – para a zona rural francesa e abrir uma loja de sorvetes artesanais, a Scaramouche, que se tornou uma das top 5 sorveterias da França. Piquenique na Provence mostra, entre receitas tentadoras e com um texto inteligente e bem-humorado, a trajetória de uma jornalista norte-americana aprendendo os truques da maternidade francesa, uma família encontrando uma nova paixão profissional e a iniciação de uma cozinheira na culinária clássica da Provence. Uma deliciosa mistura de Comer, rezar, amar, Um ano na Provence e Sob o sol da Toscana.

Mês - Julho

Mês: Julho

Julho 2018

O mês de julho é um ótimo mês para ajudarmos os nossos pequenos que estão aprendendo a ler, e podemos fazer isso incentivando a leitura de cartazes, listas e até mesmo de pequenos livros, por isso hoje vim dar indicações de livros curtos para serem lidos e apreciados pelos nossos pequenos.

1. Da pequena toupeira que queria saber quem tinha feito cocô na cabeça dela de Werner Holzwarth – Editora Companhia das Letrinhas
Descrição: Para esclarecer o enigma, a pequena toupeira interroga todos os animais que encontra no campo, até que finalmente, graças à ajuda de uma dupla de especialistas, acha o culpado e dá um jeito de se vingar.

2. Charalina de Nelson Albbisu – Editora Paulinas
Descrição: Charalina é uma velha chaleira que depois de muitos anos de serviço na cozinha, vive jogada no quintal. No entanto, a natureza a acolhe e faz nascer dentro dela uma linda flor.

3. A Zeropeia de Herbert de Souza – Editora Salamandra
Descrição: A centopeia está andando por aí quando encontra uma barata e, também, um grande dilema: se com seis pernas a barata consegue ser tão ágil, será que uma centopeia precisa mesmo de cem? O boi, com apenas quatro, sabe se virar muito bem… E o macaco, com duas, consegue fazer tanta coisa… Muitos bichos e problemas depois, a centopeia acaba fazendo uma grande descoberta!

4. O joelho Juvenal de Ziraldo – Editora Melhoramentos
Descrição: Juvenal era o joelho de um menino levado. Vivia esfolado, é verdade, mas tinha muitos momentos alegres e felizes. Só que o menino cresceu, e Juvenal tem agora um reivindicação a fazer.

Mês: Julho

Mês: Julho

Julho 2018

Cada vez mais o gênero sick lit vem conquistando o gosto da população e tomando espaço nas estantes das livrarias, por isso neste mês tão cheio de tempo para realizar leituras, vim fazer umas indicações deste gênero que consiste em enredos de personagens depressivos, doentes, enfermos e até mesmo com alguns distúrbios.

Os livros mais conhecidos deste gênero são “A culpa é das estrelas” e o “Extraordinário”, para ampliarmos nosso conhecimento de livros deste gênero eu trouxe quatro indicações para vocês!

1. Antes de partir de Colleen Oakley – Editora Bertrand Brasil
Descrição: Na véspera do que esperava ser uma triunfante comemoração de três anos livre do câncer, Daisy, 27 anos, sofre um golpe devastador: seu médico lhe diz que a doença está de volta, desta vez ainda mais agressiva. Tendo apenas de quatro a seis meses de vida, ela está apavorada com o que será de seu marido, Jack, quando não estiver mais lá para cuidar dele. Esse medo tira seu sono, até que uma solução lhe vem à mente: ela precisa encontrar outra mulher para ele. Com uma determinação singular, Daisy visita parques, cafeterias e sites de relacionamento à procura do par perfeito para Jack. Mas, à medida que ela avança em sua busca, ela se vê forçada a decidir o que é mais importante no curto tempo que lhe resta: a felicidade de seu marido ou a sua própria?

2. Uma vida para sempre de Simone Taiette – Editora Novos Talentos
Descrição: Ethel diz estar morrendo. Contudo, não afirma isso apenas em razão de sua doença. Talvez a única certeza de nossa existência seja a morte, o fato de que ela chega para todos. Mas nem por isso deixa de ser a maior incógnita da vida. Em um hospital, em meio à dor das histórias dos pacientes, Ethel encontrou amigos. Entre passeios em cemitérios, frequentando velórios e enterros de estranhos, ela tenta preparar a si e aqueles que ama, para o que parece estar ali tão próximo, o fim.
Entretanto, não esperava enfrentar algumas surpresas que a fizessem duvidar de tal preparação. As estatísticas ruins, a inexorável passagem do tempo. Onde reside a lógica disso que nos arranca pedaços, da súbita inexistência do que outrora era vívido e pulsante? Um corpo que jaz. Palavras que se perdem. A finitude de tudo o que é tão belo talvez seja a maior dor do mundo. Uma vida para sempre é um compilado de desejos, pensamentos e dias. Quanto dura o para sempre? Ethel descobriu.

3. Garota em pedaços de Kathleen Glasgow – Editora Outro Planeta
Descrição: Além de enfrentar anos de bullying na escola, Charlotte Davis perde o pai e a melhor amiga, precisando então lidar com essa dor e com as consequências do Transtorno do Controle do Impulso – um distúrbio que leva as pessoas a se automutilarem. “Viver não é fácil. ” Quando o plano de saúde de sua mãe suspende seu tratamento numa clínica psiquiátrica – para onde foi após se cortar até quase ficar sem vida –, Charlotte Davis troca a gelada Minneapolis pela ensolarada Tucson, no Arizona (EUA), na tentativa de superar seus medos e decepções. Apesar do esforço em acertar, nessa nova fase da vida ela acaba se envolvendo com uma série de tipos não muito inspiradores. Cansada de se alimentar do sofrimento, a jovem se imbui de uma enorme força de vontade e decide viver e não mais sobreviver. Para fugir do círculo vicioso da dor, Charlotte usa seu talento para o desenho e foca em algo produtivo, embarcando de cabeça no mundo das artes. Esse é o caminho que ela traça em busca da cura para as feridas deixadas por suas perdas e os cortes profundos e reais que imprimiu em seu corpo.

4. Juntando os pedaços de Jennifer Niven – Editora Seguinte
Descrição: Jack tem prosopagnosia, uma doença que o impede de reconhecer o rosto das pessoas. Quando ele olha para alguém, vê os olhos, o nariz, a boca… mas não consegue juntar todas as peças do quebra-cabeça para gravar na memória. Então ele usa marcas identificadoras, como o cabelo, a cor da pele, o jeito de andar e de se vestir, para tentar distinguir seus amigos e familiares. Mas ninguém sabe disso — até o dia em que ele encontra a Libby. Libby é nova na escola. Ela passou os últimos anos em casa, juntando os pedaços do seu coração depois da morte de sua mãe. A garota finalmente se sente pronta para voltar à vida normal, mas logo nos primeiros dias de aula é alvo de uma brincadeira cruel por causa de seu peso e vai parar na diretoria. Junto com Jack. Aos poucos essa dupla improvável se aproxima e, juntos, eles aprendem a enxergar um ao outro como ninguém antes tinha feito.

Julho 2018

Mês: Julho

Julho 2018

Os livros que irei indicar hoje viraram séries fantásticas, e como estamos no mês das férias, dá para ler o livro e ainda começar a assistir a série se vocês quiserem. Não sei vocês, mas eu prefiro ler antes de assistir…

1. Anne de Green Gables de L. M. Montgomery – Editora Martins
Descrição: Uma menina de 11 anos, com cabelos ruivos, sardas e uma mente tão perspicaz quanto a de um cientista em busca de conhecimento, chega a uma terra onde as tardes são calmas; os pores do sol alaranjados; as florestas aconchegantes; e os rios suaves, como o ritmo do povoado. Sua boca é uma matraca, e seus sonhos são maiores que moinhos de vento. Anne vai crescendo e crescendo, e de patinho feio revela-se um elegante e atento cisne, pronto para abrir suas asas e voar para além das veredas. Mas a vida é feita de artimanhas, e a garotinha adotada pelos irmãos Marilla e Matthew tem algumas cercas a pular, sem jamais deixar seus sonhos desvanecerem, como algumas criaturas fazem.

2. Under the dome de Sthephen King – Editora Suma de Letras
Descrição: Em um dia como outro qualquer em Chester’s Mill, no Maine, a pequena cidade é subitamente isolada do resto do mundo por um campo de força invisível. Os moradores da cidade percebem que terão de lutar por sua sobrevivência. O isolamento expõe os medos e as ambições de cada um, até os sentimentos mais reprimidos. Assim, enquanto correm contra o pouco tempo que têm para descobrir a origem da redoma e uma forma de desfazê-la, ainda terão de combater a crueldade humana em sua forma mais primitiva.

3. Outlander – A viajante do tempo (Livro I) de Diana Gabaldon – Editora Arqueiro
Descrição: Em 1945, no final da Segunda Guerra Mundial, a enfermeira Claire Randall volta para os braços do marido, com quem desfruta uma segunda lua de mel em Inverness, nas Ilhas Britânicas. Durante a viagem, ela é atraída para um antigo círculo de pedras, no qual testemunha rituais misteriosos. Dias depois, quando resolve retornar ao local, algo inexplicável acontece: de repente se vê no ano de 1743, numa Escócia violenta e dominada por clãs guerreiros.
Tão logo percebe que foi arrastada para o passado por forças que não compreende, Claire precisa enfrentar intrigas e perigos que podem ameaçar a sua vida e partir o seu coração. Ao conhecer Jamie, um jovem guerreiro das Terras Altas, sente-se cada vez mais dividida entre a fidelidade ao marido e o desejo pelo escocês. Será ela capaz de resistir a uma paixão arrebatadora e regressar ao presente?

4. Orange is the new black de Piper Kerman – Editora Íntrinseca
Descrição: Quando era jovem, tudo o que Piper Kerman queria era viver novas experiências, conhecer pessoas diferentes e descobrir o que fazer com o diploma recém-adquirido da prestigiosa Smith College. Anos depois, com um bom emprego e prestes a se casar, ela recebe uma visita inesperada: a polícia. Piper estava sendo intimada para responder por envolvimento com o tráfico internacional de drogas.
A acusação era verdadeira: recém-formada, Piper teve um caso com uma traficante glamorosa que a convenceu a levar uma maleta de dinheiro para a Europa. Sua aventura pelo submundo do crime voltou à tona no dia em que a polícia bateu à porta dela. Depois de uma dolorosa odisseia pelo sistema judiciário americano, Piper é condenada a quinze meses de detenção numa penitenciária feminina no meio do nada — longe dos amigos, da família e de tudo o que ela conhecia.
Em ‘Orange Is the New Black’, Piper apresenta casos curiosos, perturbadores, comoventes e divertidos do dia a dia no presídio. Cercada de criminosas, logo percebe que aquelas mulheres são muito mais complexas do que ela imaginava. Ao mesmo tempo que aprende a conviver com regras arbitrárias e um rigoroso código de conduta, Piper revela as alegrias e angústias das presidiárias e analisa a crueldade com que o sistema carcerário as desumaniza e faz com que sejam invisíveis ao mundo exterior.

Mês: Julho

Mês: Julho

Julho 2018

Com a chegada das férias, chegou também a oportunidade de ler mais, por isso as quatro indicações de hoje são sobre livros que nos trazem histórias infanto-juvenil tendo como tema as… Férias!

1. Minhas férias de Marcelo Coelho – Editora Companhia das Letrinhas
Descrição: ´Eu sempre achava que devia entrar em alguma aventura. Não é que eu fosse muito corajoso. Mas achava bacana imaginar alguma coisa como as que acontecem nos livros – garotos que se perdem numa ilha misteriosa, numa caverna, descobrem um tesouro, enfim, aquilo tudo que se sabe´.
Marcelo Coelho é do tempo em que ninguém escapava de fazer uma redação sobre as férias. O tema não perdeu atualidade, mas antes era regra absoluta. Entrava ano, saía ano, e lá vinha uma professora de português propondo aos alunos que contassem todas as coisas interessantes que tinham vivido no período de descanso. Os alunos eram obrigados a escrever – mesmo que nada de interessante tivesse acontecido com eles.

2. Minhas férias, pula uma linha, parágrafo de Christiane Gribel – Editora Salamandra
Descrição: “Aqueles dois meses inteirinhos de despreocupações estavam prestes a virar 30 linhas de preocupações com acentos, vírgulas, parágrafos e ainda por cima com a letra legível depois de tanto tempo sem treino.’ – Guilherme está no 7º ano, e em seu primeiro dia de aula se vê obrigado a fazer uma redação sobre suas férias. Mas será que é tão divertido assim ver momentos alegres sujeitos a valer nota?

3. As férias da Bruxa Onilda de E. Larreula – Editora Scipione
Descrição: O calor estava infernal, então Bruxa Onilda decidiu tirar férias na praia. Só que ela não sabia como era famosa. Mesmo com chapéu de palha e óculos de sol, tinha de dar autógrafos a uma multidão. Mesmo assim, participou de um concurso de castelos de areia e ganhou o primeiro lugar. O prêmio era uma prancha de windsurfe. Foi aí que começaram as confusões. Bruxa Onilda quase se afogou, foi levada para o hotel e, de tão assediada, decidiu fugir pela janela. O fim das férias foi no hospital, e nem ali ela teve sossego.

4. As férias de Miguel e Pedro de Ruth Rocha – Editora Melhoramentos
Descrição: Miguel e Pedro estão de férias. Eles querem ir para a praia, e não para o sítio do tio Chico, em Minas Gerais. Mas a viagem para a praia não dá certo e eles acabam indo para o sítio. O que fazer lá, já que não tem nem TV nem videogame? Isso eles só descobrem depois, ao entrar no jipão do tio Chico e ao encontrar os primos. Será que dois meninos da cidade vão se divertir no interior?

Julho 2018

Mês: Junho

Junho 2018

Já falei aqui no blog sobre livros no estilo chick lit ou como é mais conhecida “Literatura para mulherzinha”, no qual as protagonistas são mulheres fortes e modernas. Hoje resolvi fazer mais algumas indicações de livros com este gênero.

1. Eu odeio te amar de Liliane Prata – Editora Gutenberg
Descrição: Débora estava prestes a viver o dia mais feliz de sua vida. Tudo estava pronto para o casamento perfeito com Felipe, o noivo mais lindo e fofo que alguém poderia ter. O apartamento estava arrumado, e todos os detalhes da lua de mel na Grécia, acertados. Até um novo emprego na redação de uma revista feminina a esperava na volta da viagem. Seria o começo de uma nova etapa de uma vida com a qual ela sempre sonhou. Na véspera da cerimônia, o noivo precisou ficar até mais tarde no escritório para resolver as últimas pendências, e ela resolveu fazer uma surpresa e aparecer sem avisar. Mas quem foi surpreendida foi ela: pegou Felipe em flagrante com a irmã do sócio, na situação mais comprometedora possível. O que fazer? Armar um escândalo e terminar tudo? Esquecer o que viu, casar e ser feliz para sempre? O que fazer quando se sente, ao mesmo tempo, um amor profundo e um ódio avassalador? Para Débora, a resposta é: criar um plano maluco para sair dessa situação e dar a volta por cima!

2. Lembra de mim? de Sophie Kinsella – Editora Record
Descrição: Lexi desperta em um leito de hospital após um acidente de carro, pensando que está em 2004, que tem 25 anos, uma aparência desleixada e um namoro desastroso. Mas, para sua surpresa, ela descobre que está em 2007, tem 28 anos, é chefe de seu departamento e sua aparência está impecável. E ainda é casada com um lindo milionário! Ela não pode acreditar na sorte que teve. Mas conforme ela descobre mais sobre a nova Lexi, nota problemas graves em sua vida perfeita. E, para completar, uma revelação bombástica pode ser sua única esperança de recuperar a memória.

3. Azar o seu! de Carol Sabar – Editora Jangada
Descrição: Parada num engarrafamento no Rio de Janeiro, Bia está pensando em sua vida azarada. O motorista do carro ao lado, tenta se comunicar com ela, mas Bia não o reconhece. Então, ele sai do carro, mas não tem tempo de se explicar, pois começa um violento tiroteio e eles se jogam lado a lado no asfalto. Certa de que está prestes a morrer, Bia entra em desespero e se prepara para dizer suas últimas palavras, na esperança de que o suposto desconhecido possa levar um recado a Guga, seu amor da adolescência, sem perceber que é ele próprio que está ali, ouvindo a inesperada declaração de amor! Os dois escapam juntos do tiroteio e, a partir daí, começam a se envolver, dia após dia. Guga, sem coragem de assumir sua verdadeira identidade, e Bia, feliz consigo mesma por finalmente estar se apaixonando por alguém que não é Guga. Nunca uma maré de azar foi tão engraçada!

4. Curvas de aprendiz de Gemma Townley – Editora Record
Descrição: A londrina Jen Bell foi abandonada pelo pai e cresceu ouvindo sua mãe descrevê-lo como um monstro. Envolvida com a luta pela ecologia, sua principal ocupação era viajar com o namorado. Quando terminam, ela volta para Londres para trabalhar na Futuro Verde, a empresa engajada da mãe. Jen logo se envolve em um plano para investigar uma suspeita de corrupção na Bell, firma bem-sucedida do pai. Mas após se infiltrar na empresa, ela descobre que todas as histórias têm dois lados.

Junho 2018

Mês: Maio

Maio 2018

Muitas vezes passa desapercebido por nós o dever de ensinar sobre dinheiro para as crianças a nossa volta, por isso vim trazer alguns livros que abordam este assunto de forma divertida e diferente e espero que os ajude a inserir o valor do dinheiro na vida dos pequenos.

1. Como se fosse dinheiro de Ruth Rocha – Editora Salamandra
Descrição: Em ‘Como se fosse dinheiro’ o leitor pode descobrir a diferença entre uma bala e uma moeda. E quando alguém não quiser dar o troco, vai saber que a coisa pode dar bode.

2. Crise financeira na floresta de Ana Paula Hornos – Editora Geraçãozinha
Descrição: Este livro de educação financeira para crianças ensina, de forma lúdica e divertida, a importância do trabalho, do poupar e investir, e o impacto das dívidas e do consumismo. Traz conceitos sobre empreendedorismo e trabalha valores como honestidade e ética. Indicado para crianças de 7 a 12 anos, esta história pode ser útil para qualquer um que queira entender como se forma uma crise financeira e seus impactos. É fundamental ensinar, desde cedo, valores de educação financeira às crianças para que se tornem adultos e cidadãos responsáveis, bem-sucedidos e éticos ao lidarem com o dinheiro.

3. Dinheiro compra tudo? de Cássia D’Aquino – Editora Moderna
Descrição: Onde é fabricado o dinheiro? As moedas têm sempre o mesmo formato? Qual a maior cédula do mundo? Afinal, dinheiro compra ou não felicidade? As respostas para essas e outras perguntas estão reunidas neste livro. Além de aprender um montão de novidades, os alunos poderão rir com as anedotas, desvendar truques de mágica, aprender a plantar dinheiro e fabricar as moedinhas mais saborosas do mundo!

4. O poço dos desejos de Álvaro Modernell – Editora Mais Ativos
Descrição: Fundamentos de finanças abordados de maneira agradável às crianças. Belinha descobre que no quintal de sua casa há um Poço dos Desejos. Mas, com o tempo e a ajuda dos pais, ela descobre muito mais. Aprende que seus desejos podem realmente ser realizados. Mas é preciso paciência e perseverança. Ela percebe a importância do tempo para a formação de patrimônio e valorização de investimentos. A história resgata elementos de fábulas famosas para auxiliar na educação financeira infantil.

Maio 2018

Mês: Abril

Abril 2018

Que tal uns livros de suspense para alegrar o mês de abril?

1. Entre quatro paredes de B.A. Paris – Editora Record
Descrição: O casamento perfeito ou a mentira perfeita?
Grace é a esposa perfeita. Ela abriu mão do emprego para se dedicar ao marido e à casa. Agora prepara jantares maravilhosos, cuida do jardim, costura e pinta quadros fantásticos. Grace mal tem tempo de sentir falta de sua antiga vida. Ela é casada com Jack, o marido perfeito. Ele é um advogado especializado em casos de mulheres vítimas de violência e nunca perdeu uma ação no tribunal. Rico, charmoso e bonito, todos se perguntavam por que havia demorado tanto a se casar. Os dois formam um casal perfeito. Eles estão sempre juntos. Grace não comparece a um almoço sem que Jack a acompanhe. Também não tem celular, que ela diz ser uma perda de tempo. E seu e-mail é compartilhado com Jack, afinal, os dois não guardam segredos um do outro. Parece ser o casamento perfeito. Mas por que Grace não abre a porta quando a campainha toca e não atende o telefone de casa? E por que há grades na janela do seu quarto? Às vezes o casamento perfeito é a mentira perfeita.

2. Boneco de pano de Daniel Cole – Editora Arqueiro
Descrição: O polêmico detetive William Fawkes, conhecido como Wolf, acaba de voltar à ativa depois de meses em tratamento psicológico por conta de uma tentativa de agressão. Ansioso por um caso importante, ele acredita que está diante da grande chance de sua carreira quando Emily Baxter, sua amiga e ex-parceira de trabalho, pede a sua ajuda na investigação de um assassinato. O cadáver é composto por partes do corpo de seis pessoas, costuradas de forma a imitar um boneco de pano. Enquanto Wolf tenta identificar as vítimas, sua ex-mulher, a repórter Andrea Hall, recebe de uma fonte anônima fotografias da cena do crime, além de uma lista com o nome de seis pessoas – e as datas em que o assassino pretende matar cada uma delas para montar o próximo boneco. O último nome na lista é o de Wolf. Agora, para salvar a vida do amigo, Emily precisa lutar contra o tempo para descobrir o que conecta as vítimas antes que o criminoso ataque novamente. Ao mesmo tempo, a sentença de morte com data marcada desperta as memórias mais sombrias de Wolf, e o detetive teme que os assassinatos tenham mais a ver com ele – e com seu passado – do que qualquer um possa imaginar.

3. O livro dos espelhos de E. O. Chirovici – Editora Record
Descrição: Quando o agente literário Peter Katz recebe por e-mail um manuscrito parcial intitulado O livro dos espelhos, ele fica intrigado. O autor, Richard Flynn, descreve seus dias em Princeton, e documenta sua relação com Joseph Wieder, um renomado psicólogo, pesquisador e professor. Convencido de que o manuscrito completo vai revelar quem assassinou Wieder em sua casa, em 1987 — um crime noticiado em todos os jornais mas que jamais foi solucionado —, Peter Katz vê aí sua chance de fechar um negócio de um milhão de dólares com uma grande editora. O único inconveniente: quando Peter vai atrás de Richard, ele o encontra à beira da morte num leito de hospital, inconsciente, e ninguém mais sabe onde está o restante do original. Determinado a ir até o fim neste projeto, Peter contrata um repórter investigativo para desenterrar o caso e reconstituir o crime. Mas o que ele desenterra é um jogo de espelhos, uma teia de verdades e mentiras, e uma trama mais complexa e elaborada que a do primeiro lugar na lista de mais vendidos dos livros de ficção.

4. Um plano quase perfeito de Petra Hammesfahr – Editora Tordesilhas
Descrição: Funcionária de um salão de beleza, a ambiciosa Kerstin atende clientes que têm uma vida luxuosa, bem diferente da sua. Dia após dia, cresce sua cobiça por uma riqueza muito além de seu alcance. Mas uma virada do acaso dá a ela a oportunidade ideal para conseguir tudo com que sempre sonhou. E essa oportunidade tem nome: Regine Sartorius, única beneficiária de um rico empresário à beira da morte, uma herdeira jovem, ingênua e apaixonada.

Abril 2018