[mpsp_posts_slider id='1254']

Mês: Dezembro

Mês Dezembro

Para começarmos bem o mês que antecede as férias e também as festas de final de ano, por que não estimular nossos pequenos a lerem mais e se interessarem pela leitura?

Com as dicas de hoje teremos ideias de presentes para a criançada, já que livro não têm data para se dar e nunca é de mais ter livros em casa, até mesmo para receber visitas com crianças, é sempre bom termos um bom livro para entreter os baixinhos, assim eles não ficarão entediados.

1. Ou isto ou aquilo de Cecilia Meireles – Editora Global
Descrição: Cantigas de ninar, cantigas de roda e trava línguas são formas de expressão muito próximas do mundo da criança. Em Ou isto ou aquilo, Cecília Meireles utiliza de forma inigualável estes e outros recursos. A autora joga com as palavras, criando um universo encantador, e, de maneira leve, coloca a criança diante dos caminhos a seguir, como no poema que dá nome ao livro: “Ou se tem chuva e não se tem sol / ou se tem sol e não se tem chuva! / Ou se calça a luva e não se põe o anel, / ou se põe o anel e não se calça a luva!”. Cecília explora a sonoridade, o ritmo, as rimas, as repetições e a musicalidade, como se pode notar em “Rômulo rema”: “Rômulo rema no rio. / A romã dorme no ramo, / a romã rubra. (E o céu.)”.
A autora resgata o universo infantil, permeado por perguntas imprevisíveis, monólogos, situações surpreendentes, comparações incomuns, em que a fantasia e a imaginação estão sempre presentes. Nos deparamos com a borboleta no jardim, a bela bola que rola, a casa da avó, a água da chuva e a lua, que aparece depois da chuva, além de outras cenas e sensações. Sensações estas que parecem sempre ter existido, mas que somente a sensibilidade de Cecília Meireles tem o dom de revelar.

2. Menina bonita do laço de fita de Ana Maria Machado – Editora Ática
Descrição: Uma linda menina negra desperta a admiração de um coelho branco, que deseja ter uma filha tão pretinha quanto ela. Cada vez que ele lhe pergunta qual o segredo de sua cor, ela inventa uma história. O coelho segue todos os “conselhos” da menina, mas continua branco.

3. A casa sonolenta de Audrey Wood – Editora Ática
Descrição: Era uma casa sonolenta, onde todos viviam dormindo. Quem diria que uma simples pulguinha saltitante pudesse acabar com tudo aquilo num só instante!

4. Da pequena toupeira que queria saber quem tinha feito cocô na cabeça dela de Werner Hozwarth – Editora Companhia das letrinhas
Descrição: Para esclarecer o enigma, a pequena toupeira interroga todos os animais que encontra no campo, até que finalmente, graças à ajuda de uma dupla de especialistas, acha o culpado e dá um jeito de se vingar.

Mês Dezembro

 

Você sabia?

Após muiiiito tempo de espera, a adaptação de Extraordinário está mais perto do que esperávamos de aparecer na tela dos cinemas. No dia 23 de novembro de 2017, poderemos ver a história de Auggie.

O filme será dirigido por Stephen Chbosky (autor de As vantagens de ser invisível) e o roteiro ficou a cargo de Steve Conrad (de À Procura da Felicidade), e Todd Lieberman e David Hoberman serão os responsáveis pela produção. Ao meu ver o filme ficará fantástico, pois tanto Stephen quanto Steve construíram histórias excelentes e souberam levar com muita emoção para as telas dos cinemas.

Os protagonistas do filme serão Julia Roberts como mãe, e o Auggie será interpretado por Jacob Tremblay, este menino é aquele fofo que interpretou com muita graça o Jack, de O Quarto de Jack.

Este é um filme que estou ansiosa para assistir há uns 3 anos, não só eu como muitos leitores e alguns dos meus alunos, já que este é um livro que indico todos os anos, porque acredito fortemente na sua rica história e no assunto polêmico que há no livro.

Para nos deixar com mais água na boca e mais ansiosos a Editora Intrínseca divulgou os posters da adaptação cinematográfica.

Extraordinário Extraordinário

Já falei sobre o livro aqui no blog (Extraordinário). Agora basta esperarmos até dia 23…

Usei… E gostei

Como já passei da casa dos 25 e já tenho uma certa idade (na qual não revelarei, rs), resolvi cuidar da minha pele, passar com uma dermatologista, passar ácidos, usar vitamina C e tudo mais. Mas por conta própria acabei comprando uma vitamina C sem prescrição médica e que caiu como uma luva para o tratamento que estou fazendo no momento.

Antes de comprar a vitamina C não façam como eu, primeiro consultem um dermatologista e perguntem se vocês podem usar, visto que a vitamina C não é para todas as idades e pode manchar o rosto, é imprescindível consultar um dermatologista.

Vitamina C Adcos

Vamos lá… A vitamina que experimentei é a Vitamina C da Adcos, que nos promete um milhão de coisas, como:

É uma emulsão de Vitamina C para o rosto, potencializada pelo Ácido Ferúlico, que estimula a síntese de colágeno, favorecendo o preenchimento das rugas e melhorando a firmeza. Proporciona toque muito aveludado e seco, melhora a textura e aparência da pele, devolvendo sua luminosidade e radiância. É livre de parabenos e não tem perfume. Possui resultados comprovados a partir de 15 dias de uso.
Poderosa ação antioxidante, por conter Vitamina C 10% e Ácido Ferúlico.
Previne e corrige rugas, linhas finas e sinais de envelhecimento.
Uniformiza o tom e ilumina a pele.
Melhora a textura e proporciona toque seco e aveludado.
Melhora a firmeza e hidrata.
Auxiliar em tratamentos clareadores.

Antes de começar o uso do meu novo ácido, não gostei desta vitamina C, uma vez que deixava meu rosto mais oleoso do que ele já é, e estava atrapalhando a função do ácido anterior, pois eu o usava para acabar com a oleosidade e as espinhas persistentes, mas como ainda não estava de férias para poder passar com a minha dermato, eu o encostei até poder voltar.

Vitamina C Adcos

Assim que retornei à consulta, minha dermato trocou meu ácido por um mais forte e que deixava a pele bem mais seca, e é aí que esta vitamina C realmente foi de grande uso, pois como minha pele ficou seca e descamando, esta vitamina por hidratar bem a ponto de deixar oleosa balanceou a minha pele de tal forma, que ficou perfeito o casamento do meu ácido + vitamina C Adcos.

Esta minha experiência está sendo ótima, literalmente, pois minha pele nunca esteve tão brilhante antes, estou amando o seu aspecto e os resultados. Vocês já tiveram alguma experiência com um produto que começou ruim, mas no final deu certo? Me contem!!!

Espero que tenham gostado da minha opinião e que consigam resultados bons assim como eu.

Mês: Novembro

Mês Novembro

Como sabemos que dia 20 de novembro é o Dia da Consciência Negra, escolhi livros com esta temática, sobre pessoas que fizeram a diferença e que foram fortes para suportar e tolerar tal preconceito. São livros que gostei muito e que me deixaram de coração partido, pois saber que humanos foram tratados da forma que foram antigamente me deixa bestificada, pois todos somos iguais, a cor da pele não muda nada.

1. A vida secreta das abelhas de Sue Monk Kidd – Editora Nova Fronteira
Descrição: O mundo de Lily, uma menina de 14 anos, é marcado pela dor e culpa pela morte de sua mãe. Diante de um momento crítico, em que a única pessoa que lhe resta está em perigo, Lily vai iniciar sua aventura, um experiência que a abrirá finalmente para o amor. Um romance sobre o autoconhecimento, no qual a solidariedade humana é a abelha rainha que consagra todos os corações à sua volta.

 2. O Sol é para todos de Harper Lee – Editora José Olympio
Descrição: Um livro emblemático sobre racismo e injustiça: a história de um advogado que defende um homem negro acusado de estuprar uma mulher branca nos Estados Unidos dos anos 1930 e enfrenta represálias da comunidade racista. O livro é narrado pela sensível Scout, filha do advogado.

3. A resposta de Kathryn – Editora Bertrand Brasil
Descrição: O romance, história de otimismo ambientada no Mississippi em 1962, durante a gestação do movimento dos direitos civis nos EUA. A trama segue Eugenia ‘Skeeter’ Phelan, jovem que acabou de se graduar e quer virar escritora, mas encontra a resistência da mãe, que quer vê-la casada. Aconselhada a escrever sobre o que a incomoda, Skeeter encontra um tema em duas mulheres negras: Aibileen, empregada que já ajudou a criar 17 crianças brancas mas chora a perda do próprio filho, e Minny, cozinheira de mão cheia que não arruma emprego porque não leva desaforo dos patrões para casa.

4. Estrelas além do tempo de Margo Lee – Editora Harpercollins
Descrição: Durante a Segunda Guerra Mundial, a incipiente indústria aeronáutica americana contratou matemáticas negras para suprir sua falta de mão de obra. Esses “computadores humanos” continuaram trabalhando para seu governo e passaram a fazer parte da NASA em uma época em que vingava a segregação racial. Elas garantiram que os Estados Unidos ganhassem a corrida especial contra a União Soviética e lutaram para realizar o sonho americano.

Mês Novembro

Você sabia?

A trilogia mais fofa e romântica da vida, irá ganhar uma adaptação cinematográfica! Sabem de qual trilogia estou falando? Claro que é a trilogia da Jenny Han – Para todos garotos que já amei. Meu coração está explodindo de tanta felicidade e ansiedade, para ver esse romance tão aclamado na tela dos cinemas.

Quem adquiriu o direito dos livros foi a produtora do Will Smith, e logo após a confirmação, já soltaram nas redes os atores que irão estrelar nesta história. O filme será dirigido por Susan Johnson, e Sofia Alvarez ficará responsável pelo roteiro. As gravações já começaram em Vancouver, Canadá, mas ainda não há data de estreia.

Os atores que darão vida aos personagens são: Lana Condor como Lara Jean; Noah Centineo como Peter Kavinsky; John Corbert como pai da Lara Jean; Janel Parrish como Margot; Anna Cathcart como Kitty e Israel Broussard como Josh.

Lara Jean e Peter Kavinsky

Para todos garotos que já amei

Pai da Lara Jean e Margot

Para todos garotos que já amei

Kitty e Josh

Para todos garotos que já amei

A adaptação promete ser fiel aos livros. E agora mais do que nunca estou ansiosa para ver a trilogia que me arrancou vários suspiros e lágrimas nas telas dos cinemas. Se você ainda não conhece esta trilogia, precisa mais rápido que nunca lê-la, e você pode encontrar as resenhas dos livros aqui mesmo no blog.

Para todos garotos que já amei
P.S.: Ainda amo você
• Agora e para sempre, Lara Jean

 


[instagram-feed]