A mulher na cabine 10

Escritora: Ruth Ware ǀǀ Editora:…

View more

Usei… E gostei!

Se você assim como eu…

View more

Antepasto de berinjela

Ingredientes • 1 berinjela grande…

View more

Mês: Setembro

Este mês as dicas de…

View more

Motive-se

Para acabar com a negatividade…

View more

Meu pé de laranja lima

Escritora: José Mauro de Vaconcelos…

View more

Mês: Agosto

As aulas já começaram, por…

View more

Danoninho caseiro

Esta é uma receita que…

View more

Mês: Junho

Junho 2018

Já falei aqui no blog sobre livros no estilo chick lit ou como é mais conhecida “Literatura para mulherzinha”, no qual as protagonistas são mulheres fortes e modernas. Hoje resolvi fazer mais algumas indicações de livros com este gênero.

1. Eu odeio te amar de Liliane Prata – Editora Gutenberg
Descrição: Débora estava prestes a viver o dia mais feliz de sua vida. Tudo estava pronto para o casamento perfeito com Felipe, o noivo mais lindo e fofo que alguém poderia ter. O apartamento estava arrumado, e todos os detalhes da lua de mel na Grécia, acertados. Até um novo emprego na redação de uma revista feminina a esperava na volta da viagem. Seria o começo de uma nova etapa de uma vida com a qual ela sempre sonhou. Na véspera da cerimônia, o noivo precisou ficar até mais tarde no escritório para resolver as últimas pendências, e ela resolveu fazer uma surpresa e aparecer sem avisar. Mas quem foi surpreendida foi ela: pegou Felipe em flagrante com a irmã do sócio, na situação mais comprometedora possível. O que fazer? Armar um escândalo e terminar tudo? Esquecer o que viu, casar e ser feliz para sempre? O que fazer quando se sente, ao mesmo tempo, um amor profundo e um ódio avassalador? Para Débora, a resposta é: criar um plano maluco para sair dessa situação e dar a volta por cima!

2. Lembra de mim? de Sophie Kinsella – Editora Record
Descrição: Lexi desperta em um leito de hospital após um acidente de carro, pensando que está em 2004, que tem 25 anos, uma aparência desleixada e um namoro desastroso. Mas, para sua surpresa, ela descobre que está em 2007, tem 28 anos, é chefe de seu departamento e sua aparência está impecável. E ainda é casada com um lindo milionário! Ela não pode acreditar na sorte que teve. Mas conforme ela descobre mais sobre a nova Lexi, nota problemas graves em sua vida perfeita. E, para completar, uma revelação bombástica pode ser sua única esperança de recuperar a memória.

3. Azar o seu! de Carol Sabar – Editora Jangada
Descrição: Parada num engarrafamento no Rio de Janeiro, Bia está pensando em sua vida azarada. O motorista do carro ao lado, tenta se comunicar com ela, mas Bia não o reconhece. Então, ele sai do carro, mas não tem tempo de se explicar, pois começa um violento tiroteio e eles se jogam lado a lado no asfalto. Certa de que está prestes a morrer, Bia entra em desespero e se prepara para dizer suas últimas palavras, na esperança de que o suposto desconhecido possa levar um recado a Guga, seu amor da adolescência, sem perceber que é ele próprio que está ali, ouvindo a inesperada declaração de amor! Os dois escapam juntos do tiroteio e, a partir daí, começam a se envolver, dia após dia. Guga, sem coragem de assumir sua verdadeira identidade, e Bia, feliz consigo mesma por finalmente estar se apaixonando por alguém que não é Guga. Nunca uma maré de azar foi tão engraçada!

4. Curvas de aprendiz de Gemma Townley – Editora Record
Descrição: A londrina Jen Bell foi abandonada pelo pai e cresceu ouvindo sua mãe descrevê-lo como um monstro. Envolvida com a luta pela ecologia, sua principal ocupação era viajar com o namorado. Quando terminam, ela volta para Londres para trabalhar na Futuro Verde, a empresa engajada da mãe. Jen logo se envolve em um plano para investigar uma suspeita de corrupção na Bell, firma bem-sucedida do pai. Mas após se infiltrar na empresa, ela descobre que todas as histórias têm dois lados.

Junho 2018

Motive-se

Motive-se

O primeiro motive-se vem com a inspiração da Beatriz França, mais conhecida como Biapof. Ela é muito conhecida por transformar frases em arte, sempre com suas personagens diferenciadas e fofas.

Estas são as inspirações para o nosso mês que está acabando…

Motive-se Motive-se

Vocês tem alguém para indicar para o nosso próximo Motive-se? Me contem…

E espero que realmente o Motive-se deste mês tenha inspirado vocês e feito com que não deixassem a peteca cair!

 

 ǀǀ Quer entender o que é o Projeto Motive-se? Venha conferir clicando aqui  ǀǀ

5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente

Em 5 de junho celebramos o Dia Mundial do Meio Ambiente, esta data foi criada pela Assembleia Geral das Nações Unidas, tendo o objetivo de promover atividades de proteção e preservação do meio ambiente, e alertar a população e o governo sobre a falta de cuidados com a natureza.

Achei três opções de lembrancinhas e atividade que me agradaram bastante e espero que gostem…

5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente

Sempre podemos melhorar as ideias, ou ter como base estas atividades para dar luz a novas ideias, me digam o que vocês pretendem fazer para esta data.

ǀǀ Fonte de pesquisa: Wikipédia ǀǀ Ideias: Pinterest ǀǀ

Motive-se

Motive-se

Ano passado comecei a fazer com os meus alunos um projeto motivacional, no qual incluía frases trazidas por eles. Todo dia era a mesma rotina: relaxamento, leitura da frase, discussão sobre ela e depois começávamos nosso dia com a agenda e as matérias.

• Por que eu criei esse esse projeto?
Pois percebi um pouco de falta de empatia dos alunos, falta de respeito com a opinião dos demais e aproveitei a deixa e linkei com os 7 hábitos desenvolvido no colégio que eu trabalho, com o decorrer do projeto percebi uma mudança nos alunos, mudança esta que os deixou até mais calmos.

• Como funcionava o projeto?
O líder do dia era responsável por trazer uma frase e lê-la para a sala, depois do debate ele a escrevia em metade de uma folha de sulfite e colocávamos na parede para que aquela frase ficasse exposta e quem quisesse a leria depois. Mas com o passar do tempo não apenas o líder do dia trazia uma frase, mas como vários alunos traziam e muitas vezes um aluno trazia mais de uma frase gerando assim um acréscimo no nosso dia, já que o começávamos com motivação e inspiração. Logo os alunos passaram a gostar e interiorizar algumas palavras ditas, por isso realmente acredito nesse projeto.

Confesso que ainda não comecei este projeto este ano, mas ele irá começar ainda neste trimestre!

Logo, pensando no meu projeto, vou começá-lo aqui também trazendo frases motivacionais e que nos dê inspirações, e claro trazer pessoas diferentes e que fazem de uma frase não apenas uma frase, mas uma arte que nos dá inspiração e que alegra nossos dias. Espero que gostem!

O casal que mora ao lado

Escritora: Shari Lapena ǀǀ Editora: Record ǀǀ 294 Páginas ǀǀ Gênero: Adulto ǀǀ Classificação: 3,5

O casal que mora ao ladoDescrição: Tudo começou em um jantar… Um thriller psicológico surpreendente da autora best-seller internacional Shari Lapena. É o aniversário de Graham, e sua esposa, Cynthia, convida os vizinhos, Anne e Marco Conti, para um jantar. Marco acha que isso será bom para a esposa; afinal, ela quase nunca sai de casa desde o nascimento de Cora e da depressão pós-parto. Porém, Cynthia pediu que não levassem a filha. Ela simplesmente não suporta crianças chorando. Marco garante que a bebê vai ficar bem dormindo em seu berço. Afinal, eles moram na casa ao lado. Podem levar a babá eletrônica e se revezar para dar uma olhada na filha. Tudo vai dar certo. Porém, ao voltarem para a casa, a porta da frente está aberta; Cora desapareceu. Logo o rapto da filha faz Anne e Marco se envolverem em uma teia de mentiras, que traz à tona segredos aterradores.

Opinião: A estreia de Shari com o thriller “O casal que mora ao lado” já começa com o sequestro da filha de Anne e Marco Conti, que, ao aceitarem o convite de jantar de seus vizinhos, Cynthia e Graham deixam sua filha Cora em casa sozinha e vão de 30 em 30 minutos ver se ela está bem, só que estas idas e vindas não saem como eles esperavam, assim que Anne cansa do jantar e resolve voltar para casa, a porta está entreaberta e ela corre diretamente atrás de sua filha que não está mais no berço. Tamanho é o desespero de Anne que ela chega a quebrar o vidro do espelho e só depois que eles chamam a polícia, este acontecimentos faz com que o casal pareça culpado.

Nas páginas seguintes seguimos com a investigação do caso, onde os pais de Anne acabam se envolvendo, e como sempre excluem o Marco. Esta investigação acaba desvendando segredos, mentiras e intrigas de família, mostrando várias reviravoltas e muitas mudanças de comportamento dos personagens, só que isto não nos ajuda a escolher alguém ou a suspeitar de alguém.

O casal que mora ao lado

No início fiquei muito confusa, pois não sabia se haveria um desenrolar surpreendente, já que as coisas estavam acontecendo e aparecendo tão rapidamente, cheguei a me perguntar se o livro acabaria no meio, mas a cada página virada a história mudava e era contada através do olhar de outro personagem, uma vez de Anne, depois do seu marido. Teria sido melhor se fosse narrada apenas através do olhar do detetive Rasbach, mas ele foi totalmente apagado na história e era apresentado apenas pelo o olhar dos outros personagens.

Em suma a premissa da autora é boa, mas este não se tornou um dos meus thrillers favoritos, pois ela começou bem, descobrimos o culpado no meio, há a reviravolta e depois alguns clichês, isso fez com que a história enfraquecesse e perdesse o sentido em minha opinião. Não existiu aquele impacto, aquela ansiedade para ver o desenrolar da história…