[mpsp_posts_slider id='1254']

Mês: Maio

Maio 2018

Muitas vezes passa desapercebido por nós o dever de ensinar sobre dinheiro para as crianças a nossa volta, por isso vim trazer alguns livros que abordam este assunto de forma divertida e diferente e espero que os ajude a inserir o valor do dinheiro na vida dos pequenos.

1. Como se fosse dinheiro de Ruth Rocha – Editora Salamandra
Descrição: Em ‘Como se fosse dinheiro’ o leitor pode descobrir a diferença entre uma bala e uma moeda. E quando alguém não quiser dar o troco, vai saber que a coisa pode dar bode.

2. Crise financeira na floresta de Ana Paula Hornos – Editora Geraçãozinha
Descrição: Este livro de educação financeira para crianças ensina, de forma lúdica e divertida, a importância do trabalho, do poupar e investir, e o impacto das dívidas e do consumismo. Traz conceitos sobre empreendedorismo e trabalha valores como honestidade e ética. Indicado para crianças de 7 a 12 anos, esta história pode ser útil para qualquer um que queira entender como se forma uma crise financeira e seus impactos. É fundamental ensinar, desde cedo, valores de educação financeira às crianças para que se tornem adultos e cidadãos responsáveis, bem-sucedidos e éticos ao lidarem com o dinheiro.

3. Dinheiro compra tudo? de Cássia D’Aquino – Editora Moderna
Descrição: Onde é fabricado o dinheiro? As moedas têm sempre o mesmo formato? Qual a maior cédula do mundo? Afinal, dinheiro compra ou não felicidade? As respostas para essas e outras perguntas estão reunidas neste livro. Além de aprender um montão de novidades, os alunos poderão rir com as anedotas, desvendar truques de mágica, aprender a plantar dinheiro e fabricar as moedinhas mais saborosas do mundo!

4. O poço dos desejos de Álvaro Modernell – Editora Mais Ativos
Descrição: Fundamentos de finanças abordados de maneira agradável às crianças. Belinha descobre que no quintal de sua casa há um Poço dos Desejos. Mas, com o tempo e a ajuda dos pais, ela descobre muito mais. Aprende que seus desejos podem realmente ser realizados. Mas é preciso paciência e perseverança. Ela percebe a importância do tempo para a formação de patrimônio e valorização de investimentos. A história resgata elementos de fábulas famosas para auxiliar na educação financeira infantil.

Maio 2018


[instagram-feed]