Usei… E gostei!

Aqueles dias mais frios, deixam…

View more

Mês: Julho

Os livros que irei indicar…

View more

Almondegas assadas

Ingredientes • 500 gramas de…

View more

Mês: Julho

Com a chegada das férias,…

View more

Motive-se

Mais um Motive-se para terminar…

View more

Nossos dias infinitos

Escritora: Claire Fuller ǀǀ Editora:…

View more

Mês: Junho

Já falei aqui no blog…

View more

Motive-se

O primeiro motive-se vem com…

View more

Mês: Março

Março de 2018

Nada melhor do que começar o mês de março com leituras boas e criativas, não acham? E para explorar esta criatividade e também desenvolver o senso-comum, eu trouxe livros infanto-juvenil interessantíssimos e espero que gostem!

1. O rei maluco e a rainha mais ainda de Fernanda Lopes de Almeida – Editora Ática
Descrição: No reino desta história, as pessoas fazem o que dá na telha: o padeiro não fabrica pão há anos porque prefere pintar quadros, uma moça passa a vida ao lado de um poço esperando se encontrar no que sai lá de dentro, uma velhinha vigia a Torre do Sono para que ninguém se atreva a dormir… e todos procuram um estafilágrio, coisa que ninguém sabe o que é. Mais malucos ainda são o rei e a rainha: é ele quem serve o povo (até engraxa os sapatos do engraxate!) e só será coroado depois de ter servido bastante, e é ela quem dá aula quando a professora falta. Todo mundo ali fala o que tem vontade e acha muito sábios os provérbios do avô do rei, coisas aparentemente sem pé nem cabeça como ‘quem nunca se afoga muito se arroga’ e ‘uma cauda sem tropeço ou é falsa ou é de gesso’. É nesse lugar que a menina Heloísa vai parar um dia, guiada por uma formiga falante e questionadora. Levando na bagagem todas as referências do seu próprio mundo, Heloísa chega achando tudo aquilo muito errado. Os habitantes malucos do reino, por sua vez, acreditam que é Heloísa quem tem problemas – para eles, ela sofre de ‘dicionário’, mal que acomete quem se prende demais ao uso literal e utilitário das palavras. Em meio a diálogos sensacionais e situações muito inusitadas, Heloísa vai, aos poucos, descobrindo que cada um tem o seu jeito de ser e que há mais de uma maneira de ver as coisas. Enquanto acompanham as aventuras da menina, os leitores compartilham as suas descobertas e, assim como ela, assimilam sem perceber valores essenciais: o questionamento do senso-comum e a autoconfiança.

2. A trem da amizade de vários autores – Editora Brinque Book
Descrição: Desde pequenos, descobrimos que os amigos são um bem precioso. Muitas crianças logo encontram seus pares. Outras têm mais dificuldades em se relacionar e se sentem sós, sem amigos. Artur era um desses. Todos os dias esperava na estação de trem de alguém viesse visitá-lo, mas nunca vinha ninguém. Até o dis em que ele resolveu procurar seus amigos em outras estações.

3. No reino perdido do Beleléu de Maria Heloisa Penteado – Editora Ática
Descrição: Valdomira é uma menina esperta e, quando seu irmão desaparece, ela tem certeza de onde ele está: no Beleléu, porque é lá que vão parar todas as coisas perdidas. Mas resgatar o irmão bagunceiro não será nada fácil. Primeiro ela vai precisar encontrar esse lugar misterioso e, então, terá de convencer um orangotango gigante, o Joaquim, a ajudá-la. Ainda bem que ela não desiste fácil…

4. O livro dos pontos de vista de Ricardo Azevedo – Editora Ática
Descrição: Mãe, pai, filho, filha e quatro animais de estimação: oito histórias, oito maneiras diferentes de ver a vida e avaliar as situações mais comuns do dia-a-dia. Cada um fala sobre o outro, e como se contradizem! Que diversidade e riqueza de pontos de vista!

Março de 2018

Mês: Janeiro

Janeiro 2018

Estamos chegando no final das férias…. Mas isso não nos impede de incentivar nossos filhos, primos, alunos a lerem livros, por isso lá vai mais quatro indicações de livros infanto-juvenil para a listinha de vocês, leitores!

1. O fantástico mistério da feiurinha de Pedro Bandeira – Editora Moderna
Descrição: Um pouco mais velha, e esperando o sétimo filho, Branca de Neve, agora Branca Encantado, convocou suas amigas para que descobrissem o paradeiro de Feiurinha, que havia desaparecido com seu príncipe, seu castelo e seu reino sem deixar pistas. Logo, a reunião estava completa. Chegaram Chapeuzinho Vermelho, Cinderela Encantado, Bela Adormecida Encantado, Rapunzel Encantado e Rosa Encantado Della Moura Torta. Juntas, começaram a discutir possibilidades e a pesquisar nos livros. Mas nem sinal da história de Feiurinha. Foram procurar um autor, que também não conseguiu nenhuma pista, e já estavam todos desanimados, quando Jerusa, a empregada, contou a história que ninguém encontrava. Agora, Feiurinha existiria para todos, com sua história escrita pelo autor.

2. Querido diário otário de Jim Benton – Editora Fundamento
Descrição: No primeiro livro da série ‘Querido Diário Otário’, Jamie Kelly consegue, através de estratégias mirabolantes, ler a ficha disciplinar da sua maior inimiga, a linda e loira Angelina. Mas a ficha acaba sumindo! Quem será o culpado? Fedido, o beagle vingativo, ou o priminho Dudu?

3. O touro Ferdinando de Munro Leaf – Editora Intrínseca
Descrição: O livro infantil conta a história do touro Ferdinando, que prefere cheirar as flores ao invés de lutar em touradas. Convocado para atuar nas touradas, Ferdinando evita as provocações tanto do toureiro quanto da plateia, pois, para ele, era mais divertido a vida no campo e viver em paz com a natureza.

4. A fada que tinha ideias de Fernanda Lopes de Almeida – Editora Ática
Descrição: As fadinhas aprendem que não se deve sair por aí inventando mágicas que não estejam no Livro das Fadas. Mas vai dizer isso a Clara Luz! Questionadora e criativa, ela quer ter idéias próprias, como transformar bule de café em passarinho, dar vida às nuvens e colorir a chuva. ‘Quando alguém inventa alguma coisa o mundo anda’, é o que ela diz. Mas nem todos aprovam comportamento tão original e inovador. Principalmente a rabugenta Rainha… E agora? O que será de Clara Luz?

Janeiro 2018

Mês: Dezembro

Mês Dezembro

Para começarmos bem o mês que antecede as férias e também as festas de final de ano, por que não estimular nossos pequenos a lerem mais e se interessarem pela leitura?

Com as dicas de hoje teremos ideias de presentes para a criançada, já que livro não têm data para se dar e nunca é de mais ter livros em casa, até mesmo para receber visitas com crianças, é sempre bom termos um bom livro para entreter os baixinhos, assim eles não ficarão entediados.

1. Ou isto ou aquilo de Cecilia Meireles – Editora Global
Descrição: Cantigas de ninar, cantigas de roda e trava línguas são formas de expressão muito próximas do mundo da criança. Em Ou isto ou aquilo, Cecília Meireles utiliza de forma inigualável estes e outros recursos. A autora joga com as palavras, criando um universo encantador, e, de maneira leve, coloca a criança diante dos caminhos a seguir, como no poema que dá nome ao livro: “Ou se tem chuva e não se tem sol / ou se tem sol e não se tem chuva! / Ou se calça a luva e não se põe o anel, / ou se põe o anel e não se calça a luva!”. Cecília explora a sonoridade, o ritmo, as rimas, as repetições e a musicalidade, como se pode notar em “Rômulo rema”: “Rômulo rema no rio. / A romã dorme no ramo, / a romã rubra. (E o céu.)”.
A autora resgata o universo infantil, permeado por perguntas imprevisíveis, monólogos, situações surpreendentes, comparações incomuns, em que a fantasia e a imaginação estão sempre presentes. Nos deparamos com a borboleta no jardim, a bela bola que rola, a casa da avó, a água da chuva e a lua, que aparece depois da chuva, além de outras cenas e sensações. Sensações estas que parecem sempre ter existido, mas que somente a sensibilidade de Cecília Meireles tem o dom de revelar.

2. Menina bonita do laço de fita de Ana Maria Machado – Editora Ática
Descrição: Uma linda menina negra desperta a admiração de um coelho branco, que deseja ter uma filha tão pretinha quanto ela. Cada vez que ele lhe pergunta qual o segredo de sua cor, ela inventa uma história. O coelho segue todos os “conselhos” da menina, mas continua branco.

3. A casa sonolenta de Audrey Wood – Editora Ática
Descrição: Era uma casa sonolenta, onde todos viviam dormindo. Quem diria que uma simples pulguinha saltitante pudesse acabar com tudo aquilo num só instante!

4. Da pequena toupeira que queria saber quem tinha feito cocô na cabeça dela de Werner Hozwarth – Editora Companhia das letrinhas
Descrição: Para esclarecer o enigma, a pequena toupeira interroga todos os animais que encontra no campo, até que finalmente, graças à ajuda de uma dupla de especialistas, acha o culpado e dá um jeito de se vingar.

Mês Dezembro

 

Mês: Agosto

Mês Agosto

Para este mês teremos indicações de livros infanto-juvenil, já que sou professora e estou sempre lendo livros para indicar para os meus alunos, tenho algumas referências, e claro, sempre peço a opinião deles para saber se eles realmente gostaram.

1. A sabedoria do Califa de Ilan Brenman – Editora Ática
Descrição: Em Bagdá, havia um califa muito conhecido por sua sabedoria e pelo amor aos livros. Seu costume era reservar uns dias da semana para resolver casos conflituosos dos súditos. Um desses casos envolvia o proprietário de um restaurante e o mendigo chamado Hashid. O dono queria cobrar do mendigo, a qualquer custo, a comida que ele ficou durante 20 minutos cheirando bem diante da porta do restaurante. Usando de toda a sua sabedoria – adquirida, de acordo com ele, por meio dos livros de sua imensa biblioteca -, o califa tomou as únicas moedas no poder do mendigo e pagou ao dono do restaurante de modo semelhante ao que a comida foi consumida…

2. O Reizinho mandão de Rutg Rocha – Editora Salamandra
Descrição: A morte de um rei sábio e justo leva ao trono seu filho mimado e mandão. Além de criar leis absurdas, seu autoritarismo faz o povo literalmente perder a voz. Até que um dia… Um livro premiado, que deu origem à série que tem hoje o seu nome.

3. Prendedor de sonhos de João Anzanello – Editora Scipione
Descrição: Zelito Traquitana era o único inventor daquela cidadezinha. Um dia, remexendo em seus velhos inventos, encontrou a máquina de fabricar sonhos e resolveu consertá-la. Mas, por algum defeito em seu mecanismo, em vez de produzir os seus próprios, a máquina começou a prender os sonhos de toda a população, espalhando um clima de desencanto pela cidade.

Mês de Agosto 2017

Mês: Julho

Mês Julho

Este mês as indicações são de livros que falam sobre bullying, pois este é um assunto que vem instigando muito as pessoas, até mesmo para querer saber como as pessoas sofrem bullying, como se sentem e como reconhecer os sinais. Então, vamos as dicas…

1.Os treze porquês de Jay Asher – Editora Ática
Descrição: Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra na porta de casa um misterioso pacote com seu nome. Dentro, ele descobre várias fitas cassetes. O garoto ouve as gravações e se dá conta de que elas foram feitas por Hannah Baker – uma colega de classe e antiga paquera -, que cometeu suicídio duas semanas atrás. Nas fitas, Hannah explica que existem treze motivos que a levaram à decisão de se matar. Clay é um desses motivos. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.

2. A lista negra de Jennifer Brown – Editora Gutenberg
Descrição: Abril. Um mês que, inevitavelmente, será sempre lembrado pelo horror de massacres ocorridos em escolas por jovens: 20 de abril de 1999, Columbine, Estados Unidos; 26 de abril de 2002 , Erfurt, Alemanha; 16 de abril de 2007, Virginia Tech, também nos EUA; e 7 de abril de 2011, Realengo, Brasil. Além desses, muitos outros já ocuparam os noticiários do mundo inteiro, chocando pela violência com que jovens assassinam seus próprios colegas. É com um noticiário como esse que o romance A lista negra abre suas páginas. Lançado agora no Brasil pela Editora Gutenberg, a obra Jennifer Brown é uma ficção que mergulha no mundo juvenil repleto por situações marcadas pelo bullying, preconceito e rejeição.
Essa é a história de Val e Nick. Eles são dois adolescentes que se conhecem no primeiro ano do ensino médio e se identificam de imediato. Val convive com pais ausentes, que brigam o tempo todo e só criticam suas roupas e atitudes. Nick tem uma mãe divorciada que vive em bares atrás de novos namorados. Os dois são alvo de bullying por parte de seus colegas do Colégio Garvin. Nick apanha dos atletas e Val sofre com os apelidos dados pelas meninas bonitas e populares. Ambos compartilham suas angústias num caderno com o nome de todos e tudo que odeiam, criando um oásis, um local de fuga, um momento de desabafo, pelo menos para Val. Já Nick não encara a lista e os comentários como uma simples piada. Há alguns meses, ele abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba salvando a vida de uma co¬lega que a maltratava, mas é responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a criar. A lista das pessoas e das coisas que ela e Nick odiavam. A lista que ele usou para escolher seus alvos.

3. Ponte para Terabitia de Katherine Paterson – Editora Salamandra
Descrição: Jess Aarons, um garoto de 10 anos, passou o verão treinando para ser o campeão de corrida da escola. Na volta às aulas, é ultrapassado por uma aluna nova. Os dois tornam-se grandes amigos, e criam um reino imaginário chamado Terabítia, onde governam soberanos protegidos das ameaças e zombarias da vida cotidiana. Até que um dia, uma fatalidade os separa, e Jess precisa ser forte para enfrentar essa triste realidade.

4. Por que Indiana, João? de Danilo Leonardi – Editora Giz Editorial
Descrição: Você pode pensar que, aos quinze anos, João já deveria estar acostumado com provocações, apelidos e humilhações. Afinal, ele é um típico adolescente deslocado e tímido. Alvo perfeito para a ira dos valentões e para o desprezo das garotas. Mas sua vida muda completamente quando reage a um ataque de seu maior algoz. O golpe de sorte que derruba o valentão é gravado e vira hit na internet. João se vê finalmente admirado, respeitado e seguro. Mas tudo tem seu preço e João vai aprender qual o peso que suas escolhas podem ter não só sobre sua vida, mas sobre as vidas de todos ao seu redor.

Mês de Julho

Me contem um pouco dessas histórias se vocês já leram, as indicações 2 e 3 eu já li e vou trazer as resenhas aqui para o blog futuramente.

Mês: Junho

Mês Junho

Estou em tempo de fazer as indicações do mês de junho! Estou tentando manter uma regularidade e voltar ao normal. ainda estou em adaptação de trabalhar período integral, e vou logo dizendo, que não é fácil, ainda mais quando são salas diferentes, rs.
As cinco dicas do mês de junho são livros de suspense policial com um pouco de thriller psicológico. Espero que gostem.

1. Seis anos depois do Harlan Coben – Editora Arqueiro

Descrição: Jake Fisher e Natalie Avery se conheceram no verão. Eles estavam em retiros diferentes, porém próximos um do outro. O dele era para escritores; o dela, para artistas. Eles se apaixonaram e, juntos, viveram os melhores meses de suas vidas.
E foi por isso que Jake não entendeu quando Natalie decidiu romper com ele e se casar com Todd, um ex-namorado. No dia do casamento, ela pediu a Jake que os deixasse em paz e nunca mais voltasse a procurá-la.
Jake tentou esconder seu coração partido dedicando-se integralmente à carreira de professor universitário e assim manteve sua promessa… durante seis anos.
Ao ver o obituário de Todd, Jake não resiste e resolve se reaproximar de Natalie. No enterro, em vez de sua amada, encontra uma viúva diferente e logo descobre que o casamento de Natalie e Todd não passou de uma farsa.
Agora ele está decidido a ir atrás dela, esteja onde estiver, mas não imagina os perigos que envolvem procurar uma pessoa que não quer ser encontrada.

2. Objetos cortantes da Gillian Flynn – Editora Intrínseca

Descrição: Recém-saída de um hospital psiquiátrico, onde foi internada para tratar a tendência à automutilação que deixou seu corpo todo marcado, a repórter de um jornal sem prestígio em Chicago, Camille Preaker, tem um novo desafio pela frente. Frank Curry, o editor-chefe da publicação, pede que ela retorne à cidade onde nasceu para cobrir o caso de uma menina assassinada e outra misteriosamente desaparecida.
Desde que deixou a pequena Wind Gap, no Missouri, oito anos antes, Camille quase não falou com a mãe neurótica, o padrasto e a meia-irmã, praticamente uma desconhecida. Mas, sem recursos para se hospedar na cidade, é obrigada a ficar na casa da família e lidar com todas as reminiscências de seu passado.
Entrevistando velhos conhecidos e recém-chegados a fim de aprofundar as investigações e elaborar sua matéria, a jornalista relembra a infância e a adolescência conturbadas e aos poucos desvenda os segredos de sua família, quase tão macabros quanto as cicatrizes sob suas roupas.

3. Até você ser minha da Samantha Hayes – Editora Intrínseca

Descrição: E se você desejasse a morte de uma pessoa e isso acontecesse? E se o assassino fosse alguém que você ama? O namorado de Valerie Leftman, Nick Levil, abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola em que estudavam. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba salvando a vida de uma colega que a maltratava, mas é responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a criar. A lista com o nome dos estudantes que praticavam bullying contra os dois. A lista que ele usou para escolher seus alvos. Agora, ainda se recuperando do ferimento e do trauma, Val é forçada a enfrentar uma dura realidade ao voltar para a escola para terminar o Ensino Médio. Assombrada pela lembrança do namorado, que ainda ama, passando por problemas de relacionamento com a família, com os ex-amigos e a garota a quem salvou, Val deve enfrentar seus fantasmas e encontrar seu papel nessa história em que todos são, ao mesmo tempo, responsáveis e vítimas. A lista negra, de Jennifer Brown, é um romance instigante, que toca o leitor; leitura obrigatória, profunda e comovente. Um livro sobre bullying praticado dentro das escolas que provoca reflexões sobre as atitudes, responsabilidades e, principalmente, sobre o comportamento humano. Enfim, uma bela história sobre auto-conhecimento e o perdão.

4. A vingança da maré de Elizabeth Haynes – Editora Intrínseca

Descrição: Depois de trabalhar arduamente por muito tempo – alternando um emprego como executiva de vendas durante o dia com o de dançarina de pole dance à noite -, Genevieve finalmente conseguiu juntar dinheiro para realizar seu sonho: comprar e reformar um barco e mudar-se para Kent, bem longe da estressante vida em Londres que tanto a aborrece. Tudo parece enfim perfeito. Até que, na festa de inauguração do barco, enquanto amigos de sua antiga vida parecem zombar do que agora lhe é tão caro, um corpo aparece boiando próximo ao ancoradouro, e Genevieve reconhece a vítima. Ao perceber seu santuário flutuante maculado, e convencida de que sua vida também está em risco, Genevieve se vê novamente envolvida com o perigoso submundo de corrupção, crimes e traição do qual pensava ter finalmente escapado. E está prestes a descobrir os problemas de se misturar negócios e prazer.

5. Os 13 porquês do Jay Asher – Editora Ática

Descrição: Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra na porta de casa um misterioso pacote com seu nome. Dentro, ele descobre várias fitas cassetes. O garoto ouve as gravações e se dá conta de que elas foram feitas por Hannah Baker – uma colega de classe e antiga paquera -, que cometeu suicídio duas semanas atrás. Nas fitas, Hannah explica que existem treze motivos que a levaram à decisão de se matar. Clay é um desses motivos. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.

Mês Junho