Mês: Janeiro

Como ainda estamos…

View more

O casal que mora ao lado

Escritora: Shari Lapena…

View more

Mês: Janeiro

Os livros de…

View more

A pequena livraria dos corações solitários

Livro I da…

View more

O Projeto Rosie

Informações: Publicado pela…

View more

Usei… E gostei

Sabe aquele dia…

View more

Você sabia?

Agora é oficial!…

View more

Mês: Dezembro

Não sei vocês,…

View more

O casal que mora ao lado

Escritora: Shari Lapena ǀǀ Editora: Record ǀǀ 294 Páginas ǀǀ Gênero: Adulto ǀǀ Classificação: 3,5

O casal que mora ao ladoDescrição: Tudo começou em um jantar… Um thriller psicológico surpreendente da autora best-seller internacional Shari Lapena. É o aniversário de Graham, e sua esposa, Cynthia, convida os vizinhos, Anne e Marco Conti, para um jantar. Marco acha que isso será bom para a esposa; afinal, ela quase nunca sai de casa desde o nascimento de Cora e da depressão pós-parto. Porém, Cynthia pediu que não levassem a filha. Ela simplesmente não suporta crianças chorando. Marco garante que a bebê vai ficar bem dormindo em seu berço. Afinal, eles moram na casa ao lado. Podem levar a babá eletrônica e se revezar para dar uma olhada na filha. Tudo vai dar certo. Porém, ao voltarem para a casa, a porta da frente está aberta; Cora desapareceu. Logo o rapto da filha faz Anne e Marco se envolverem em uma teia de mentiras, que traz à tona segredos aterradores.

Opinião: A estreia de Shari com o thriller “O casal que mora ao lado” já começa com o sequestro da filha de Anne e Marco Conti, que, ao aceitarem o convite de jantar de seus vizinhos, Cynthia e Graham deixam sua filha Cora em casa sozinha e vão de 30 em 30 minutos ver se ela está bem, só que estas idas e vindas não saem como eles esperavam, assim que Anne cansa do jantar e resolve voltar para casa, a porta está entreaberta e ela corre diretamente atrás de sua filha que não está mais no berço. Tamanho é o desespero de Anne que ela chega a quebrar o vidro do espelho e só depois que eles chamam a polícia, este acontecimentos faz com que o casal pareça culpado.

Nas páginas seguintes seguimos com a investigação do caso, onde os pais de Anne acabam se envolvendo, e como sempre excluem o Marco. Esta investigação acaba desvendando segredos, mentiras e intrigas de família, mostrando várias reviravoltas e muitas mudanças de comportamento dos personagens, só que isto não nos ajuda a escolher alguém ou a suspeitar de alguém.

O casal que mora ao lado

No início fiquei muito confusa, pois não sabia se haveria um desenrolar surpreendente, já que as coisas estavam acontecendo e aparecendo tão rapidamente, cheguei a me perguntar se o livro acabaria no meio, mas a cada página virada a história mudava e era contada através do olhar de outro personagem, uma vez de Anne, depois do seu marido. Teria sido melhor se fosse narrada apenas através do olhar do detetive Rasbach, mas ele foi totalmente apagado na história e era apresentado apenas pelo o olhar dos outros personagens.

Em suma a premissa da autora é boa, mas este não se tornou um dos meus thrillers favoritos, pois ela começou bem, descobrimos o culpado no meio, há a reviravolta e depois alguns clichês, isso fez com que a história enfraquecesse e perdesse o sentido em minha opinião. Não existiu aquele impacto, aquela ansiedade para ver o desenrolar da história…

 

O Projeto Rosie

O Projeto RosieInformações: Publicado pela primeira vez em 30 de janeiro de 2013 pela Editora Record, este livro foi escrito por Graeme Simsion e teve sua capa reformulada para acompanhar a continuação do livro (embora eu preferisse a primeira capa, rs). Número de páginas: 319.

Classificação: Young Adult

Descrição: Perto de completar 40 anos, o peculiar professor de genética Don Tillman havia desistido do amor. Para acompanhar sua rotina severamente cronometrada, com esquema de refeições padronizadas, um cronograma para a execução de cada compromisso (inclusive para a prática de exercícios físicos antes de dormir) e lidar com sua falta de habilidade social, só mesmo a mulher perfeita. E ele já sabe como encontra-la. Ou pelo menos acha que sabe. Ele desenvolve o projeto Esposa Perfeita, um questionário meticuloso que irá ajudá-lo a selecionar candidatas adequadas a seu estilo de vida. Mas quando Don conhece a jovem Rosie ele descobre que nem tudo na vida pode ser programado… e que o amor pode, de repente, vir a seu encontro.

Opinião: Don Tillman está prestes a completar 40 anos e se vê pronto para um relacionamento, e como os números nunca erram, ele resolve  selecionar sua futura esposa através de um teste, pois se tem algo que Don é excelente e realmente domina é a arte da matemática, da lógica – seja com relação as ciências humanas ou exatas.

Por ser este ser tão peculiar, Don tem seu dia a dia todo controlado, desde a hora de acordar até a hora de dormir, e quanto tempo levará para fazer cada coisa da sua rotina, como: o tempo necessário para se lavar um banheiro, para fazer exercícios, quanto tempo leva de sua casa até o trabalho de bicicleta, mas toda essa rotina não tem hora para imprevistos, pois imprevistos não são aceitáveis ao ver de Don, já que todas as semanas são programadas e executadas da mesma forma.

Mesmo sendo um homem metódico e que não sabe se relacionar com as pessoas, Don possui um casal de amigos que o aceitam do modo que ele é, e ainda dão conselhos a ele sobre relacionamento, as vezes ainda resolvem agir como cupidos e arrumar uns encontros para ele – que nunca dão certo, mas nos fazem  rir muito.

O Projeto Rosie

Conhecer o Don me abriu os olhos, principalmente porque existem pessoas que realmente são semelhantes a ele e vivem no próprio mundo, tendo a mesma rotina diária e sendo metódicos, mas o livro me fez ansiar para que algo o tirasse dessa rotina – porque eu me considero metódica, mas o Don extrapolou o nível rs. A cada página virada eu ficava a espreita de alguém aparecer e tirá-lo desta vida, e eis que surgiu a Rosie, uma mulher totalmente sem regras, sem rotina, faz tudo o que vem na cabeça e têm um trabalho totalmente inaceitável ao ver de Don – ela trabalha em um bar a noite.

A relação que eles passam a construir é totalmente diferente de qualquer uma já vista, pois Rosie não muda a vida de Don, na verdade ambos mudam a vida um do outro, é uma troca mútua, um desafia o outro, um aparece sem avisar o outro, e mesmo Rosie não tendo as qualificações necessárias do teste de 17 páginas de Don, ele ainda assim se sente atraído por ela e passa a desenvolver sentimentos que anteriormente ele não havia conhecido ou despertado durante esses 40 anos de vida. Esse desenrolar me fez rir muitas vezes, pois o Don não é um cara igual a qualquer um, ele fala coisas como se fosse um computador, ele sempre está pensando de forma lógica e racional, ele nunca se deixa abalar e até mesmo não é de demonstrar seus sentimentos, já a Rosie, fala o que pensa, faz o que deseja, eles realmente são como a água e o vinho.

O Projeto Rosie

Este livro aborda o tema sobre as expectativas com relação a “pessoa perfeita” que criamos de forma leve e bem fluida, pois Don e Rosie têm cada um suas expectativas diferentes, porém acabam se envolvendo e mudando um ao outro, eles passam a aceitar e diminuir essas expectativas, pois não existe ninguém perfeito o que precisamos é aceitar as pessoas como elas são e deixar a vida fluir e os sentimentos aparecerem, se assim for.

Desde o início me apeguei ao livro, pois cada página virada era engraçada, porque Don com esses trejeitos e manias me fez rir bastante e me encantar com a escrita do Graeme, na hora que Rosie entra em cena me apaixonei mais ainda e a leitura me envolveu mais e deslanchou rapidamente.

– Você me acha atraente? (…)

– Na verdade não prestei atenção – respondi para a mulher mais linda do mundo.



Load More...