[mpsp_posts_slider id='1254']

Mês: Dezembro

Mês Dezembro

Não sei vocês, mas gosto de conhecer um pouco mais sobre o holocausto e como viveram as pessoas durante o período da Segunda Guerra Mundial. Estas histórias servem como lição de vida para nós que as vezes reclamamos do mínimo, porque essas pessoas viveram com tão pouco, achavam soluções para seus problemas e sabiam ver o lado bom das coisas mesmo em meio a tanta tragédia, por isso como dica vim trazer alguns livros que tem como base a Segunda Guerra Mundial.

1. O Menino Dos Fantoches de Varsóvia de Eva Weaver – Editora Novo Conceito
Descrição: Mesmo diante de uma vida extremamente difícil, há esperança. E às vezes essa esperança vem na forma de um garotinho, armado com uma trupe de marionetes – um príncipe, uma menina, um bobo da corte, um crocodilo… O avô de Mika morreu no gueto de Varsóvia, e o menino herdou não apenas o seu grande casaco, mas também um tesouro cheio de segredos. Em um bolso meio escondido, ele encontra uma cabeça de papel machê, um retalho… o príncipe. E um teatro de marionetes seria uma maneira incrível de alegrar o primo que acabou de perder o pai, o menininho que está doente, os vizinhos que moram em um quartinho apertado. Logo o gueto inteiro só fala do mestre das marionetes – até chegar o dia em que Mika é parado por um oficial alemão e empurrado para uma vida obscura. Esta é uma história sobre sobrevivência. Uma jornada épica, que atravessa continentes e gerações, de Varsóvia à Sibéria, e duas vidas que se entrelaçam em meio ao caos da guerra. Porque mesmo em tempo de guerra existe esperança.

2. A Bibliotecária de Auschwitz de Antonio G. Iturbe – Editora Harpercollins
Descrição: Muitas histórias do horror e sofrimento testemunhados dentro dos campos de concentração nazistas são contadas e recontadas, já estão gravadas e arquivadas. É difícil, nesses relatos, encontrar atos de esperança e força diante de todo o mal registrado durante o Holocausto. A Bibliotecária de Auschwitz é um livro diferente. É uma história verdadeira e cheia de detalhes a respeito de um professor judeu, Fredy Hirsh, que criou uma escola secreta dentro do bloco 31, no campo de concentração de Auschwitz, dedicando-se a lecionar para cerca de 500 crianças. Criou também uma biblioteca de poucos volumes com a ajuda de Dita Dorachova, uma menina judia de 14 anos que se arriscava para manter viva a esperança trazida pelo conhecimento e escondia os livros embaixo do vestido. É um registro de uma época sofrida da História, mas que também mostra a coragem de pessoas que não se renderam ao terror e se mantiveram firmes usando os livros como “arma”.

3. O Zoológico de Varsóvia de Diane Ackerman – Editora Harpercollins
Descrição: Jan e Antonina Zabinski eram os encarregados cristãos do Jardim Zoológico de Varsóvia quando, no início da Segunda Guerra Mundial, a Alemanha invadiu a Polônia, e os bombardeios que destruíram a cidade mataram boa parte dos animais. O casal passou, então, a esconder judeus nas celas vazias, aproveitando a obsessão dos nazistas por animais raros e com isso salvou mais de trezentas pessoas condenadas. Sua história, no entanto, desapareceu por entre as frestas da ‘grande’ História, como às vezes acontece com os atos de compaixão radical e extrema coragem. Este livro de Diane Ackerman é o testemunho poderoso dessa coragem, uma história que celebra, com rara sensibilidade, a beleza, o mistério e a tenacidade do espírito humano e da própria vida.

4. Os meninos que enganaram os nazistas de Joseph Joffo – Editora Vestígio
Descrição: Paris, 1941. O país é ocupado pelo exército nazista e o medo invade as casas e as ruas francesas. O poder de Hitler se mostra absoluto e brutal na França… É durante um dos períodos mais turbulentos da História que a emocionante narrativa de Joseph e Maurice se desenrola. Irmãos judeus de 10 e 12 anos de idade, eles perambulam sozinhos pelas estradas, vivendo experiências surpreendentes, tentando escapar da morte e em busca da zona livre para ganhar a liberdade. Essa é uma história real, autobiográfica, cuja espontaneidade, ternura e humor comprovam o triunfo da humanidade e da empatia nos momentos mais sombrios, quando o perigo está sempre à espreita… “Os meninos que enganavam nazistas” conta a fantástica e emocionante epopeia de duas crianças judias durante a ocupação, narrada por Joseph, o mais jovem.

Mês Dezembro

Breakable

Livro II da série Contornos do Coração

BrekableInformações: Escrito por Tammara Webber e publicado pela Editora Versus em 6 de maio de 2014.

Classificação: Young Adult

Descrição: Landon Lucas Maxfield teve uma infância privilegiada, levando uma vida tranquila com os pais e tendo um futuro promissor à sua frente – até que uma tragédia impensável destruiu sua família e o fez duvidar de tudo que um dia pareceu tão certo.
Agora um intenso e enigmático homem, Lucas só quer deixar o passado para trás. Quando ele conheceu Jacqueline, foi fácil desejar ser tudo aquilo de que ela precisava. Mas se há uma coisa que a vida lhe ensinou é que a alma é frágil e que todos os seus sonhos podem ser destruídos em um piscar de olhos.

Opinião: O primeiro livro nos mostra a história da perspectiva de Jacqueline, já o segundo que é o que vou comentar hoje, nos mostra a história da perspectiva de Landon Lucas…

Para Lucas sua vida era perfeita, tinha uma ótima família, estava terminando o ensino médio e namorava a menina perfeita, só que uma tragédia acontece e ele vê sua vida virando de cabeça pra baixo. Logo ele precisa se mudar, ir para a faculdade e se virar.

A história é intercalada entre o passado e o presente, conseguimos acompanhar o crescimento e amadurecimento do personagem, observamos seus conflitos internos e nos sentimos realmente comovidos com sua história. Por vermos a história da vida de Lucas e pela sua perspectiva passamos a entender o que se passa na sua cabeça, o que algumas vezes não podíamos entender no livro antecessor.

Breakable

Metade do livro nos conta a fundo a história de vida do Lucas, mas assim que ele avista Jacqueline e a salva, a história dos dois começa. Eles passam a trocar e-mails sobre aulas, a conversarem e ficarem mais íntimos gradativamente, mas o Lucas guarda um segredo no qual Jacqueline nem desconfia e que o está matando, e ele precisa resolver este problema logo.

O Breakable me cativou mais do que o Easy, pelo fato da vida do Lucas Landon ser mais sofrida, por ele ter enfrentado mais problemas e mesmo assim seguir em frente. Tammara Webber conseguiu construir um romance leve e com assuntos polêmicos, nos quais ela soube resolvê-los de modo coerente, isto fez com que eu gostasse mais ainda do livro.

Se você ainda não conhece o Easy – Livro I da série Contornos do Coração, venha conferir a resenha.

The Kiss of Deception

Livro I das Crônicas de Amor e Ódio

The Kiss Of DeceptionInformações: Autora Mary E. Pearson, publicado pela Editora Darkside Books em 8 de julho de 2014. Número de páginas: 406

Classificação: Young Adult

Descrição: Tudo parecia perfeito, um verdadeiro conto de fadas – menos para a protagonista dessa história. Morrighan é um reino imerso em tradições, histórias e deveres, e a Primeira Filha da Casa Real, uma garota de 17 anos chamada Lia, decidiu fugir de um casamento arranjado que supostamente selaria a paz entre dois reinos através de uma aliança política. O jovem príncipe escolhido se vê então obrigado a atravessar o continente para encontrá-la a qualquer custo. Mas essa se torna também a missão de um temido assassino. Quem a encontrará primeiro?
O primeiro volume das Crônicas de Amor e Ódio evoca culturas do nosso mundo e as transpõe para a história de forma magnífica. Através de uma escrita apaixonante e uma convincente narrativa, o romance de Pearson é capaz de mudar a nossa concepção entre o bem e o mal e nos fazer repensar todos os estereótipos aos quais estamos condicionados. É um livro sobre a importância da autodescoberta, do amor e como ele pode nos enganar, e de uma protagonista em busca de sua liberdade e felicidade a qualquer custo.

Opinião: A história gira em torno de Lia, princesa e primeira filha de Morrighan, de uma cultura em que as filhas possuem o dom, e este dom faz com que elas vejam o perigo e sirvam como arma em uma batalha. Porém, Lia não quer ser um soldado do reino de seu pai nem de outro reino qualquer, ela quer se conhecer, se descobrir e saber do que ela é capaz, por isso resolve fugir do casamento arranjado com o príncipe de Dalbreck.

Nessa luta incessante para fugir com sua amiga Pauline, apagar seus rastros para não ser encontrada e encontrar um lugar seguro para poder passar os dias, Lia está sendo perseguida pelo Assassino e pelo príncipe de Dalbreck. Estes três terão seus caminhos interligados e suas vidas irão mudar completamente.

The Kiss of Desecption

A escrita da Mary é totalmente envolvente e me prendeu de jeito, a história construída por ela é rica, cheia de detalhes e são baseadas em histórias antigas da menina Morrighan, nas quais ela relata com tanta vivacidade que até parecem ser reais. O livro é intercalado pelas histórias da Lia, do Assassino e do Príncipe, demorei um pouco para saber quem era o Assassino e quem era o Príncipe e isto acabou me instigando mais e fez com que eu lesse mais rápido o livro, mas ambos recebem seus nomes assim que entram em contato com a Lia, e a partir daí a história fica mais leve e de fácil entendimento.

A trama envolve a política do movimento pós guerra entre os reinos maiores, as culturas passadas de gerações em gerações, o dom que Lia acredita não ter, seu crescimento e maturidade adquiridos ao longo do romance misterioso são visíveis e nos fazem querer conhecê-la mais.

Em suma o livro me agradou muito, sua capa, diagramação e escrita são impecáveis, como sempre a Darkside caprichou! Esta foi a minha segunda trilogia fantástica e pelo jeito, este tipo de leitura anda me encantando e ganhando um pedacinho do meu coração. Este livro mescla romance com aventura e fantasia e isto deixou a história mais mágica do que ela já é. Eu não acreditava que este livro realmente me cativaria, pois a primeira instancia os resumos que li não me prenderam e não foram tão encantadores, mas ao iniciar a leitura e já me deparei com o mistério que mexeu comigo e a leitura fluiu…

The Kiss of Desecption

Mary E. Pearson realmente me ganhou, pela forma como ela envolveu política, fantasia, trama, mistério e o amadurecimento de seus personagens de uma forma tão leve e grandiosa.

Mês: Setembro

Mês Setembro

Oiiiiii… As dicas de livro desse mês, são dicas de livros young adult, mais conhecidos como leitura para jovem adulto (entre 14 e 21 anos). Eu não sigo apenas um segmento de leitura, os livros young adult por terem uma pegada mais leve, mais romântica me atraem sempre que estou saindo de um livro que me prendeu e mexeu bastante comigo, sempre recorro a um YA. Espero que gostem das minhas escolhas…

1. Anna e o beijo francês de Stephanie Perkins – Editora Novo Conceito
Descrição: Anna Oliphant não está nada entusiasmada com a ideia de se mudar para Paris. Porém, seu pai, um famoso escritor norte-americano, decidiu enviá-la para um colégio interno na Cidade Luz. Anna prefere ficar em Atlanta, onde tem um bom emprego, sua fiel melhor amiga e um namoro prestes a acontecer. Mas, ao chegar a Paris, ela conhece Étienne St. Clair, um rapaz inteligente, charmoso e bonito, que além de muitas qualidades, tem uma namorada… Anna e Étienne se aproximam e as coisas ficam mais complicadas. Será que um ano inteiro de desencontros em Paris terminará com o esperado beijo francês? Ou certas coisas simplesmente não estão destinadas a acontecer?

2. A rainha vermelha de Victoria Aveyard – Editora Seguinte
Descrição: O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.
Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?
Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe — e Mare contra seu próprio coração

3. Mil beijos de garoto de Tillie Cole – Editora Outro Planeta
Descrição: Um beijo dura um instante. Mas mil beijos podem durar uma vida inteira. Um garoto. Uma garota. Um vínculo que é definido num momento e se prolonga por uma década. Um vínculo que nem o tempo nem a distância podem romper. Um vínculo que vai durar para sempre. Ao menos era o que eles imaginavam. Quando, aos dezessete anos, Rune Kristiansen retorna da Noruega para o lugar onde passou a infância – a cidade americana de Blossom Grove, na Geórgia –, ele só tem uma coisa em mente: reencontrar Poppy Litchfield, a garota que era sua cara-metade e que tinha prometido esperar fielmente por seu retorno. E ele quer descobrir por que, nos dois anos em que esteve fora, ela o deletou de sua vida sem dar nenhuma explicação.

4. Legend de Marie Lu – Editora Prumo
Descrição: Ambientado na cidade de Los Angeles em 2 130 D.C, na atual República da América. Conta a história de um rapaz – o criminoso mais procurado do país – e de uma jovem – a pupila mais promissora da República –, cujos caminhos se cruzam quando o irmão desta é assassinado e a ela cabe a tarefa de capturar o responsável pelo crime. No entanto, a verdade que os dois desvendarão se tornará uma lenda.

Mês Setembro

Mês: Maio

Mês Maio

Estou um pouco atrasada com as indicações do mês de maio, mas está valendo… Antes tarde do que nunca, né? Sei que estou devendo muiiiiiitos posts, mas minha vida está uma loucura, está corrida e muito atarefada, peço desculpas pela minha ausência. Vamos para a lista das cinco indicações de livros do mês de maio…

1. Diário de um banana – Volume 1 – Editora Vergara & Riba

Descrição: Não é fácil ser criança. E ninguém sabe disso melhor do que Greg Heffley, que se vê mergulhado no ensino fundamental, onde fracotes subdesenvolvidos dividem os corredores com garotos que são mais altos, mais malvados e já se barbeiam.
Em “Diário de um banana”, o autor e ilustrador Jeff Kinney nos apresenta um herói improvável. Como Greg diz em seu diário: “ Só não espere que eu seja todo ‘Querido diário’ isso, ‘Querido diário’ aquilo.”
Para nossa sorte, o que Greg Heffley diz que fará e o que ele realmente faz são duas coisas bem diferentes.

2. O circo do amanhã – Editora Companhia das Letrinhas

Descrição: Alice e Maria Isabel são melhores amigas: estudam juntas e moram no mesmo prédio. Maria Isabel pega a maior faringite e fica de molho, bem na semana em que coisas muito estranhas começam a acontecer na escola, envolvendo um novo bedel muito mal-humorado e com um bigode suspeito.
Para não pegar dor de garganta da amiga, Alice resolve contar tudo o que está acontecendo por cartas, que deixa embaixo da porta do apartamento de Maria Isabel sempre que sai ou chega em casa. E ela responde, claro, no maior capricho. Assim, enquanto desvendam um grande mistério, as duas trocam informações e também receitas, poemas, partituras, adivinhas, dobraduras e muito mais.

3. Wendy matraca no rabo do crocodilo – Editora Vergara & Riba

Descrição: Todos a chamam de “pássaro engasgado” por causa de sua risada – uma mistura de risadinhas + soluços. Isso é tão forte que ela não pode controlar, sempre que vê algo engraçado ela desata a rir! Seu nome é Wendy Matraca, e o leitor vai descobrir como essa simpática garotinha vai conseguir chamar a atenção de toda a escola, mesmo não sendo a menina mais popular de todas!

4. 1 drible, 2 dribles, 3 dribles – Editora Companhia das Letrinhas

Descrição: Drible não é lá uma palavra muito fácil de se dizer, já a sua execução, pra quem consegue, traz uma sensação muito boa. Joca que o diga: era o maior craque da sua cidade, o rei da pelada na praia, o grande armador do time. Mas, quando seu pai é promovido e tem de mudar de cidade com a família, o menino perde seu posto. Para reconquistar a fama, ele vai passar por muitos desafios.

5. Os detetives do prédio azul  – Primeiros casos – Editora Pequena Zahar

Descrição: Primeiro livro de uma série que traz as aventuras de Capim, Mila e Tom, amigos inseparáveis que brincam de detetive e acabam desvendando todos os mistérios que surgem no prédio em que moram. A maior inimiga da turma é a síndica dona Leocádia, que odeia crianças e gosta de dar ordens em todo mundo. Em cada capítulo, um caso misterioso a ser desvendado pelos incríveis Detetives do Prédio Azul! Inspirado na série de tv homônima.

Mês Maio

Estes são as minhas cinco indicações, e como estamos no finalzinho do mês de maio, mas perto do feriado de Corpus Christie ainda dá tempo de ler um desses livros. Espero que tenham gostado!

Uma história de amor e TOC

Uma história de amor e TOC

Informações: Publicado em 31 de março de 2015 pela Editora Galera Record e escrito pela autora Coren Ann Haydu – este foi seu livro de estreia. Número de páginas: 319.

Classificação: Young Adult

Descrição: Bea foi diagnosticada com transtorno obsessivo-compulsivo. De uns tempos pra cá, desenvolveu algumas manias que podem se tornar bem graves quando se trata de… garotos! Ela jura que está melhorando, que está tudo sob controle. Até começar a se apaixonar por Beck, um menino que também tem TOC. Enquanto ele lava as mãos oito vezes depois de beijá-la, ela persegue outro cara nos intervalos dos encontros. Mas eles sabem que são a única esperança um do outro. Afinal, se existem tantos casais complicados por aí, por que as coisas não dariam certo para um casal obsessivo-compulsivo? No fundo, esta é só mais uma história de amor… e TOC.

Opinião: Bea é uma adolescente de 16 anos que está sofrendo com o término do seu namoro, porém ela surtou com este término e acabou perseguindo seu ex para saber tudo o que ele fazia, como efeito desta perseguição ela foi proibida a chegar perto dele e da casa dele e foi encaminhada a fazer um tratamento psicológico.

O livro inicia com a Bea em uma festa no ginásio da escola, onde houve blecaute, e no meio da escuridão ela consegue identificar um menino com um ataque de pânico, e resolve ajudá-lo, e por experiência própria ela sabe como controlar os sintomas, mas na esperança de ajudá-lo ela acaba beijando-o , mas ele foge e ela fica apenas com seu nome: Beck.

Uma história de amor e TOC

Certo dia ao ir a mais uma seção de terapia, a Dra. Pat a diagnostica com TOC, pois suas anotações e seu cuidado excessivo com tudo a torna uma pessoa “doente” (é assim que Bea vê), mas Bea não aceita e se sente condenada ao ter que comparecer a seções em grupo, pois ela acha que ela não é doente e no grupo haverá apenas loucos, doentes e viciados em alguma substância.

Em sua primeira seção de grupo, ela se depara com Beck e suas suspeitas estavam sendo confirmadas: seu par ideal com certeza seria alguém tão ferrado quanto ela. Mas este namoro será diferente de qualquer outro que possamos imaginar, já que Beck tem TOC e não pode de maneira nenhuma ficar sem lavar as mãos e não pode ser tocado por ninguém.

Enquanto Beck tenta superar suas obsessões, Bea está cada vez mais em um abismo, pois não aceita o seu transtorno e acaba perseguindo um casal que também faz terapia com a Dra. Pat.

Uma história de amor e TOC

Para saber mais, basta ler o livro que é bem escrito e nos comove a cada vez que vemos a Bea negar seu transtorno e cair mais dentro de um abismo, onde ela apenas conseguirá sair se realmente aceitar ajuda.  É interessante conhecer a fundo sobre um transtorno que pouco temos informações e que tem muito mais sintomas do que conhecemos.

Esta edição da Galera Record é linda, cheia de detalhes, com uma diagramação na qual não tenho o que reclamar. O livro possui uma leitura leve e não vicia, por isso às vezes foi um pouco difícil de fluir, mas é uma leitura válida que deve ser lida por todos.

Mês: Dezembro – parte 2

Mês Dezembro

Mais indicações para as crianças curtirem dezembro da melhor forma possível, mas claro que também eles tem que brincar, socializar, correr, pular e tudo mais que uma crianças saudável faz, mas  enquanto descansam um pouco, ou até mesmo antes de dormir eles podem tirar um tempinho para realizar uma gostosa leitura. Por isso hoje vim indicar mais quatro excelentes livros.

1. A mais bela de todas de Sarah Mlynowski – Editora Galera Record

Descrição: Após se mudarem de Chicago para Smithville, os irmãos Abby e Jonah sentem que há algo estranho na sua nova vizinhança. Quando o irmão caçula acorda Abby no meio da noite com uma novidade pra lá de esquisita ¬— o espelho do porão está assobiando —, os dois são sugados para o meio da história da Branca de Neve. E pior: precisam consertar as coisas… Sem querer, Abby pode ter influenciado a princesinha a dar um pé no príncipe.
Abby e Jonah terão que criar os mais mirabolantes planos para colocar o destino de Branca nos trilhos ou o mundo dos contos de fadas nunca mais será o mesmo!

2. Diário de Pilar na Amazônia da Flávia Lins – Editora Pequena Zahar

Descrição: Dessa vez, a rede mágica leva Pilar, Breno e o gatinho Samba para a Amazônia, onde eles entram em contato com os costumes, o folclore, os alimentos, a fauna e a flora locais. Alguns desses itens são descritos em boxes, tornando o livro atraente como leitura suplementar em sala de aula. O tema da necessidade de preservação da natureza percorre toda a história, que é graciosa e comovente: Pilar procura o pai, que não chegou a conhecer e de quem só tem uma foto antiga. Em sua busca, acaba enfrentando novos desafios, como o primeiro beijo e a descoberta do primeiro amor. Afinal, de seu último livro para cá, a personagem amadureceu, e também seu público.

3. Os dois terríveis volume 1 de Jory John e Mac Barnett – Editora Intrínseca

Descrição: Miles morava perto do mar. Miles tinha amigos. Miles era o garoto mais terrível de sua escola… Como ele vai conseguir sobreviver numa cidade chamada Vale do Bocejo?
O mundo das travessuras está prestes a ser reinventado. Uma dupla imbatível na pregação de peças surge onde menos se espera: na entediante cidade de Vale do Bocejo, famosa por ter muitas vacas.
Acostumado a ser o mais terrível de onde morava, Miles Murphy está decidido a manter sua fama em sua nova cidade, para a qual se mudou muito a contragosto. Só que Vale do Bocejo já tem seu rei das travessuras, e, para roubar o posto, Miles vai ter que se superar.
Uma guerra épica de trotes e peças toma conta da cidade, até que os dois terríveis finalmente decidem unir forças e pregar a maior peça já vista no mundo: algo tão mirabolante que deixará orgulhosos os membros da Ordem Internacional da Desordem.

4. O grande Ivan de Katherine Applegate – Editora Irado

Descrição: Ivan mora dentro de um shopping e nunca tinha pensado em voltar para a natureza até o dia em que a pequena Ruby, um filhote de elefante, foi comprado pelo dono do circo.
Baseado em fatos reais, “O Grande Ivan” é uma história deliciosa, cheia de humor, ao mesmo tempo doce e inteligente, sobre os direitos dos animais e sobre a força da amizade.
Não importa quantos anos você tem… Você deveria ler este livro hoje, agora mesmo. Aliás, o que você está esperando para começar?

Dezembro parte 2

A indicação número 1 é mais voltada para o público feminino, já as demais são para qualquer pessoa, de qualquer idade, pois até eu sendo adulta gosto de ler um livro infanto-juvenil às vezes, para realizar uma leitura leve, aprender coisas diferentes, conhecer as lições de moral que há nas histórias e até mesmo conhecer os contos que andam despertando o desejo de ler nas crianças.

A Esperança

Com a chegada da estreia do último filme da trilogia Jogos Vorazes, resolvi escrever sobre o livro “A esperança” para me lembrar um pouco mais da história e para ajudá-los a se lembrarem também!

Livro III da trilogia Jogos Vorazes

A esperançaInformações: “A Esperança” é um livro de aventura e ficção científica escrito pela norte-americana Suzanne Collins e publicado pela Editora Rocco em 2010. O livro é o último da trilogia, precedido por Jogos Vorazes e Em Chamas. Continua a história de Katniss Everdeen na luta contra o governo totalitário de Panem. Valores como lealdade, guerra, pobreza, verdade e amor são abordados durante a trama. O livro em si é carregado de drama e possui críticas sobre a sociedade vivida por nós e pelos habitantes da Capital. A trilogia se tornou um best-seller e por isso foi adaptada para o cinema e seu último filme irá estrear 20 de novembro de 2015. Número de páginas: 421.

Classificação: Young Adult

Descrição: Depois de sobreviver duas vezes à crueldade de uma arena projetada para destruí-la, Katniss acreditava que não precisaria mais lutar. Mas as regras do jogo mudaram: com a chegada dos rebeldes do lendário Distrito 13, enfim é possível organizar uma resistência. Começou a revolução. A coragem de Katniss nos jogos fez nascer a esperança em um país disposto a fazer de tudo para se livrar da opressão. E agora, contra a própria vontade, ela precisa assumir seu lugar como símbolo da causa rebelde. Ela precisa virar o Tordo. O sucesso da revolução dependerá de Katniss aceitar ou não essa responsabilidade. Será que vale a pena colocar sua família em risco novamente? Será que as vidas de Peeta e Gale serão os tributos exigidos nessa nova guerra? Acompanhe Katniss até o fim deste thriller, numa jornada ao lado mais obscuro da alma humana, em uma luta contra a opressão e a favor da esperança.
Apenas um sobrevive.

Opinião: Este é o final da trilogia Jogos Vorazes – “A esperança”. Quando eu assisti ao filme Jogos Vorazes não sabia que havia livros sobre ele e realmente eu me senti fascinada com o filme, com a história, com  tudo! Mas desencanei e não fui atrás dos livros, mas assim que assisti ao segundo filme que me fascinou igualmente ao primeiro eu parei e pensei “Eu preciso ler esta trilogia”, comprei e logo comecei a ler desde o primeiro livro até o terceiro, eu simplesmente não consegui parar de ler eles, terminei um já, engatei o outro e assim foi… Realizei a leitura da trilogia em duas semanas, demorei um pouco no último livro, porque eu não queria que aquele mundo acabasse. Mas até hoje eu quero reviver aquela história e pretendo relê-los em breve, nem que seja nas férias de Dezembro, estou ansiando demais por esta história.

A esperança

Esse livro inicia com o resgate dos vitoriosos do Massacre Quaternário, em que Katniss e Haymitch falharam em manter Peeta vivo e a salvo, pois ele foi capturado pela Capital e a sorte não está a favor deles. O Distrito 12 que era o distrito em que viviam, foi bombardeado e totalmente extinto, não há mais nada lá.

E agora a Katniss e os sobreviventes do Distrito 12 estão sendo amparados pelo Distrito 13. Isso mesmo! O Distrito 13 que achamos nos dois primeiros livros que havia sido subjugado pela Capital, mas que na verdade existe no subsolo do antigo Distrito 13, e novamente Suzanne nos surpreende.

O Distrito 13 é um distrito forte e estável, tem regras que ninguém questiona e um poder bélico absurdo e é comandado por Coin.  A primeira impressão que eu tive do Distrito 13 é que eles estavam apenas pensando neles e salvando o próprio distrito, pois deixaram os demais a própria sorte, porque pela descrição que lemos sobre o ele é que é um distrito bem equipado, organizado, há regras, todos tem alimentos, roupas, quartos e todos são tratados igualmente. Mas ao decorrer do livro descobrimos porque eles fizeram isso e nos sentimos revoltados um pouco mais…

A esperança

Coin deixou a impressão de ser tão ruim quanto Snow, porque  é visível que o que ela quer é tomar o lugar do Snow, e para isso ela resgata a Katniss, elas conversam e entram em um acordo no qual a Katniss será o símbolo desse ataque a Capital, para derrubar o Snow de vez.

E desde o primeiro livro sabemos que Katniss tem problemas com fazer o que os outros querem, ou mandam e por isso ela aceita ser o símbolo desta rebelião, pois ela odeia o Snow e isto é visível, tanto quanto ela querer ser a provedora da sua família. Seu ato na primeira arena foi apenas impensado, mas desde aquele ato ela é vista como uma rebelde para a população e é vista como alguém que realmente pode ajudar os distritos mais pobres.

Katniss sai abalada e machucada da última arena e com transtornos psicológicos e isto fica muito claro já que o livro é escrito em primeira pessoa. Ela está destruída emocionalmente, porque não conseguiu salvar o Peeta, o Distrito 12, pessoas inocentes, entre outros fatores e a Coin acaba persuadindo-a e ela aceita ser o Tordo. É claro que Coin a usa apenas por interesses próprios, assim como usa todo o Distrito 13.

A esperança

Este último livro em minha opinião foi o mais pesado e brutal, porque a Coin manipula todos até mesmo o Snow, ela sabe o que fazer a todo momento e usa a imagem de Katniss sem culpa nenhuma para conseguir o que quer, esta foi uma trama bem construída e amarrada.

Suzanne deu um final que realmente condiz com toda a história, pois depois de tanto sofrimento, feridas que talvez nunca irão curar, ela soube dar um fechamento justo tanto aos personagens como para Panem. Agora todos podem seguir suas vidas, mesmo com todo o sofrimento, pois não haverão mais jogos Vorazes. Mas se os dois primeiros livros já nos faziam refletir sobre a nossa sociedade este último nos fez pensar muito mais, pois ele traz cenas, opiniões e a trama cada vez nos faz enxergar como nossa sociedade está em declínio. Como toda distopia ele nos traz esta reflexão, pois não é apenas um livro de ficção, ele traz assuntos polêmicos, como problemas sociais e políticos, por isso o livro e a trilogia estão mais do que recomendados!

Dica de livro: Claros sinais de loucura

Boa noite!

Sei que fiquei ausente uns 6 meses, mas é que estava muito difícil para eu poder postar, mas realmente quero melhorar as quantidades de postagem por aqui.

Estou voltando cheia de ideais e vontades, mas vou fazendo aos pouquinhos… Quero mudar a aparência do blog, tirar algumas coisas e colocar outras, mas continuarei falando sobre lecionar, dando dicas, trazendo coisas novas e até algumas coisas que eles fazem em sala de aula.

Hoje gostaria de falar sobre um livro maravilhoso que eu li e que me encantou do inicio ao fim. Conforme eu ia lendo ia falando para os meus alunos o que estava acontecendo na história e cativando-os da mesma forma em que fui cativada… Eu o li em uma semana e não queria mais largar, além de cativante ele prende nossa atenção e
fiquei mais feliz de após ter lido o livro ver meus alunos querendo saber mais, perguntando, querendo folhear o livro e até comprando-o, ou baixando no celular.

É muita fofura… Estou super feliz por poder ser um bom exemplo e fazer com que eles leiam mais e possam se interessar pela leitura, desta maneira melhorando o vocabulário, escrevendo melhor e até mesmo lendo melhor.

Bom é isso gente, queria compartilhar minha alegria com vocês, abaixo colocarei a sinopse e tudo mais.

Claros Sinais de Loucura

Informações: Claros sinais de Loucura foi publicado originalmente pela Intrínseca, escrito por Karen Harrington. Seu estilo é young adult e está cativando pessoas de todas as idades. Número de páginas: 256.

Sinopse: Você nunca conheceu ninguém como Sarah Nelson. Enquanto a maioria dos
amigos adora Harry Potter, ela passa o tempo escrevendo cartas para Atticus Finch, o advogado de O sol é para todos. Coleciona palavras-problema em um diário, tem uma planta como melhor amiga e vive tentando achar em si mesma sinais de que está ficando louca. Não é à toa: a mãe tentou afogá-la e ao irmão quando eles tinham apenas dois anos, e desde então mora em uma instituição psiquiátrica. O pai tornou-se alcoólatra. Prestes a completar doze anos, Sarah sente falta de um pai mais presente e das experiências que não viveu com a mãe, está preocupada com a árvore genealógica que fará na escola e ansiosa porque seu primeiro beijo de língua ainda não aconteceu. Tragédia e humor combinam-se de forma magistral nesta incrível história sobre a aventura que é crescer.

Opinião: É um livro com uma leitura gostosa e fácil, contendo o significado de algumas palavras. Quem conhecer a Sarah Nelson jamais a esquecerá. É uma menina doce e com problemas como todas as meninas da idade, como: sobre o primeiro beijo, primeiro amor, pais, conflitos e tudo mais. O desenrolar da história acontece com ela narrando e sempre dividindo-o entre dois diários… Não vou contar mais, pois já tem muito spoiler, mas vale a pena
ler. Meus alunos estão amando.

Beijos e até o próximo post.



[instagram-feed]