Anna e o beijo francês

Escritora: Stephanie Perkins ǀǀ Editora:…

View more

Usei… E não gostei!

O protetor solar facial é…

View more

Mês: Novembro

Este mês vamos de livros…

View more

Mês: Outubro

As últimas dicas infanto-juvenil para…

View more

Motive-se

Ahhhh… Como eu amo o…

View more

Mês: Outubro

E o mês das crianças…

View more

Usei… E gostei!

Sabe qual é o melhor…

View more

Rocambole de carne moída com purê de batatas

Ingredientes do rocambole • 1…

View more

O casal que mora ao lado

Escritora: Shari Lapena ǀǀ Editora: Record ǀǀ 294 Páginas ǀǀ Gênero: Adulto ǀǀ Classificação: 3,5

O casal que mora ao ladoDescrição: Tudo começou em um jantar… Um thriller psicológico surpreendente da autora best-seller internacional Shari Lapena. É o aniversário de Graham, e sua esposa, Cynthia, convida os vizinhos, Anne e Marco Conti, para um jantar. Marco acha que isso será bom para a esposa; afinal, ela quase nunca sai de casa desde o nascimento de Cora e da depressão pós-parto. Porém, Cynthia pediu que não levassem a filha. Ela simplesmente não suporta crianças chorando. Marco garante que a bebê vai ficar bem dormindo em seu berço. Afinal, eles moram na casa ao lado. Podem levar a babá eletrônica e se revezar para dar uma olhada na filha. Tudo vai dar certo. Porém, ao voltarem para a casa, a porta da frente está aberta; Cora desapareceu. Logo o rapto da filha faz Anne e Marco se envolverem em uma teia de mentiras, que traz à tona segredos aterradores.

Opinião: A estreia de Shari com o thriller “O casal que mora ao lado” já começa com o sequestro da filha de Anne e Marco Conti, que, ao aceitarem o convite de jantar de seus vizinhos, Cynthia e Graham deixam sua filha Cora em casa sozinha e vão de 30 em 30 minutos ver se ela está bem, só que estas idas e vindas não saem como eles esperavam, assim que Anne cansa do jantar e resolve voltar para casa, a porta está entreaberta e ela corre diretamente atrás de sua filha que não está mais no berço. Tamanho é o desespero de Anne que ela chega a quebrar o vidro do espelho e só depois que eles chamam a polícia, este acontecimentos faz com que o casal pareça culpado.

Nas páginas seguintes seguimos com a investigação do caso, onde os pais de Anne acabam se envolvendo, e como sempre excluem o Marco. Esta investigação acaba desvendando segredos, mentiras e intrigas de família, mostrando várias reviravoltas e muitas mudanças de comportamento dos personagens, só que isto não nos ajuda a escolher alguém ou a suspeitar de alguém.

O casal que mora ao lado

No início fiquei muito confusa, pois não sabia se haveria um desenrolar surpreendente, já que as coisas estavam acontecendo e aparecendo tão rapidamente, cheguei a me perguntar se o livro acabaria no meio, mas a cada página virada a história mudava e era contada através do olhar de outro personagem, uma vez de Anne, depois do seu marido. Teria sido melhor se fosse narrada apenas através do olhar do detetive Rasbach, mas ele foi totalmente apagado na história e era apresentado apenas pelo o olhar dos outros personagens.

Em suma a premissa da autora é boa, mas este não se tornou um dos meus thrillers favoritos, pois ela começou bem, descobrimos o culpado no meio, há a reviravolta e depois alguns clichês, isso fez com que a história enfraquecesse e perdesse o sentido em minha opinião. Não existiu aquele impacto, aquela ansiedade para ver o desenrolar da história…

Um corpo na biblioteca

Agatha ChristieInformações: Escrito por uma das maiores escritoras de livros policiais da época Agatha Christie e publicado pela Editora Nova Fronteira. Número de páginas: 184.

Classificação: Adulto

Descrição: O corpo de uma jovem é encontrado no tapete da biblioteca dos Bantry, às sete da manhã. A vítima é uma completa desconhecida e o casal Bantry decide chamar as autoridades para investigar o caso — e também, é claro, Miss Marple, detetive amadora e amiga da Sra. Bantry.
Tudo se complica ainda mais quando chega até eles a notícia de outra adolescente morta, carbonizada dentro de um carro incendiado em uma pedreira. Qual será a possível conexão entre os dois incidentes?

Opinião: É uma manhã normal na casa dos Bantry, até que todos ouvem os gritos da empregada que acabou de avistar um corpo na biblioteca. A senhora Bantry como sempre foi resolver o problema afim de deixar seu marido descansar mais, porém com esta notícia ela se viu obrigada a acordar seu marido. E ao confirmarem que realmente havia um corpo na biblioteca, decidiram chamar a polícia.

Preocupada com a reputação de seu marido, a Sra. Bantry pede que seu motorista vá imediatamente buscar sua melhor amiga, a Miss Marple que resolve casos em um piscar de olhos.

Agatha Christie

Logo após o corpo ser encontrada, um carro é incendiado com uma pessoa dentro e a polícia não entende como os dois casos podem ter alguma ligação, porém Miss Marple sabe qual é a ligação dos dois casos.

O livro por ser uma história policial não posso falar muito sobre ele, senão acaba com o suspense. Ele é bem escrito e tem uma desenvoltura excelente, mas achei um pouco massante, não sei se é pela escrita formal, ou  por ser um pouco parado.

Este foi o primeiro livro da Agatha que eu li e gostei, ao procurar vi que tem vários casos da Miss Marple assim como alguns livros com outros “detetives” – se é que podemos chamar assim, rs -, mesmo a leitura deste livro sendo difícil para mim eu vou dar oportunidade a outros livros da Agatha Christie, pois amo livros policiais e seus desfechos que muitas vezes são surpreendentes.

Agatha Christie

Além disso esta edição da Editora Nova Fronteira é realmente bonita, é de capa dura, com folhas grossas e me surpreendeu por sua riqueza em detalhes na capa, por isso quero todos, rs.