Usei… E gostei!

Aqueles dias mais frios, deixam…

View more

Mês: Julho

Os livros que irei indicar…

View more

Almondegas assadas

Ingredientes • 500 gramas de…

View more

Mês: Julho

Com a chegada das férias,…

View more

Motive-se

Mais um Motive-se para terminar…

View more

Nossos dias infinitos

Escritora: Claire Fuller ǀǀ Editora:…

View more

Mês: Junho

Já falei aqui no blog…

View more

Motive-se

O primeiro motive-se vem com…

View more

Mês: Fevereiro

Fevereiro 2018

Romance… romance e romance… Porque gosto de todos os gêneros, mas toda vez que vejo minha estante ou vou escolher um livro para comprar, me deparo apaixonada por mais um romance!!!!
Então… Mais quatro dicas de romances leves e lindos ♥

1. A garota das sapatilhas brancas de Ana Beatriz Brandão – Editora Verus
Descrição: Ele foi o farol que a salvou da escuridão. Ela devolveu as cores ao mundo dele. Da mesma autora de O garoto do cachecol vermelho. Daniel Lobos vive a vida plenamente. Dono de um coração enorme, o jovem divide seu tempo entre duas paixões: a música e as causas sociais. Até que seu caminho cruza o de Melissa, uma bailarina preconceituosa e mesquinha, que põe à prova aquilo em que ele mais acredita: que todo mundo merece uma segunda chance. Este romance mostra, através das lembranças de diversos personagens já conhecidos em O garoto do cachecol vermelho e amados pelo leitor, como as nossas decisões podem afetar o nosso destino. Respire fundo e venha descobrir o que levou Daniel a ter tanta fé em Melissa, quando ninguém mais acreditava nela. Toda história tem dois lados, e agora é a vez de conhecer a do garoto do cachecol vermelho.

2. Bela gratidão de Corey Ann – Editora Galera Record
Descrição: Um romance sobre amadurecimento e a dureza de crescer em uma cultura que exige das mulheres nada menos que a perfeição.
Corey Ann Haydu explora as complexidades da família, os limites do amor e quão duro é crescer em uma cultura que premia a beleza acima de qualquer outra coisa e cobra das mulheres nada menos que a perfeição. Uma leitura atual que dialoga direta e honestamente com a multiplicidade de questões enfrentadas por adolescentes e jovens no mundo todo – a confusão do primeiro amor, os dramas familiares e a construção da própria identidade no meio de toda essa loucura. O livro está cheio de personagens realistas, que tropeçam nos próprios medos e cometem erros com alguns dos quais é impossível não se identificar. Montana e sua irmã Arizona têm um pacto desde que a mãe as deixou: São elas duas contra todo o mundo. Com o pai sempre imerso em relacionamentos tóxicos e uma sucessão de madrastas essa foi a maneira que encontraram de seguir em frente. Mas agora que Arizona foi para a faculdade Montana se sente deixada pra trás e perdida, mergulhando em uma amizade vertiginosa e empolgante com a ousada Karissa. No meio disso tudo, Montana encontra uma distração em Bernardo. Resta saber se Montana têm a confiança necessária no que sentem um pelo outro para encaixar Bernardo na sua vida imperfeita.

3. O primeiro dia do resto da nossa vida de Kate Eberlen – Editora Arqueiro
Descrição: Tess e Gus foram feitos um para o outro. Só que eles não se encontraram ainda. E pode ser que nunca se encontrem… Tess sonha em ir para a universidade. Gus mal pode esperar para fugir do controle da família e descobrir sozinho o que realmente quer ser. Por um dia, nas férias, os caminhos desses dois jovens de 18 anos se cruzam antes que os dois retornem para casa e vejam que a vida nem sempre acontece como o planejado. Ao longo dos dezesseis anos seguintes, traçando rumos diferentes, cada um vai descobrir os prazeres da juventude, enfrentar problemas familiares e encarar as dificuldades da vida adulta. Separados pela distância e pelo destino, tudo indica que é impossível que um dia eles se conheçam de verdade… ou será que não? “O primeiro dia do resto da nossa vida” narra duas trajetórias que se entrelaçam sem de fato se tocarem, fazendo o leitor se divertir, se emocionar e torcer o tempo todo por um encontro que pode nunca acontecer.

4. É cada coisa que escrevo para dizer que te amo de Lucão – Editora Benvirá
Descrição: Às vezes, as palavras do dicionário parecem não ser suficientes para explicar sentimentos tão intensos e verdadeiros como o amor e a saudade, mas Lucão tem o dom de misturá-las de um jeito tão excepcional, que consegue dar explicações perfeitas para o coração. Escreve em poesia os sentimentos que muitas pessoas não conseguem escrever ou falar em língua alguma.
Em “É cada coisa que escrevo só pra dizer que te amo”, Lucão traz versos inéditos e faz uma compilação das melhores frases e poemas que publicou em seu blog – Abra o bico – ao longo de 10 anos. Nestas páginas há muitas facetas do poeta que nunca recusa um grande amor.

Fevereiro 2018

Mês: Janeiro

Janeiro 2018

Os livros de romance no tempo da regência vem cada vez mais encantando os corações das mulheres, então decidi fazer um post para indicar 4 livros deste gênero e espero que gostem!

1. A luz através da janela de Lucinda Riley – Editora Novo Conceito
Descrição: A Segunda Guerra Mundial deixou muitos destroços e segredos familiares principalmente na família de Emilie, os De La Martinières. Quando sua mãe faleceu, deixando o legado do château da família para ela, a única herdeira, Emilie fica devastada e quer vender tudo para que possa voltar à sua rotina comum de veterinária. Entretanto, Sebastian Carruthers aparece em sua vida para ajudá-la a cuidar de toda a documentação e a consola nos momentos mais difíceis. Emilie se apaixona pela sua gentileza e decide se casar com ele. Assim, ela se muda para a casa do marido, Blackmoor Hall, em Yorkshire. Contudo, a vida que ela, ingenuamente, pensa estar começando bem, trará a ela muitas surpresas e revelações do presente e do passado de toda uma geração.

2. Mais lindo que a lua de Julia Quinn – Editora Arqueiro
Descrição: Foi amor à primeira vista. Mas Victoria Lyndon era a filha do vigário, e Robert Kemble, o elegante conde de Macclesfield. Foi o que bastou para os pais dos dois serem contra a união. Assim, quando o plano de fuga dos jovens deu errado, todos acreditaram que foi melhor assim.
Sete anos depois, quando Robert encontra Victoria por acaso, não consegue acreditar no que acontece: a garota que um dia destruiu seus sonhos ainda o deixa sem fôlego. E Victoria também logo vê que continua impossível resistir aos encantos dele. Mas como ela poderia dar uma segunda chance ao homem que lhe prometeu casamento e depois despedaçou suas esperanças?
Então, quando Robert lhe oferece um emprego um tanto incomum – ser sua amante –, Victoria não aceita, incapaz de sacrificar a dignidade, mesmo por ele. Mas Robert promete que Victoria será dele, não importa o que tenha que fazer. Depois de tantas mágoas, será que esses dois corações maltratados algum dia serão capazes de perdoar e permitir que o amor cure suas feridas?

3.  O campeão de Lady Isobel de Carol Townend – Editora  Harlequin
Descrição: Isobel sabia que a viagem a Troyes seria uma jornada que mudaria a sua vida. Por nove anos ela esperou que Lucien, o conde d’Averyon a desposasse. Até que chegou a hora de realizar o enlace. A única dúvida de Isobel era: o que poderia tê-lo mantido longe por tanto tempo? Ela sabia que o casamento era um acordo entre as famílias, porém, nunca negou o fato que de se sentia atraída pelo noivo.
Lucien Vernon, o conde de d’Averyon, se sentia em débito com o falecido pai, por isso decidiu que era hora de cumprir a promessa feita para ele e se unir à Isobel. O que não esperava era a atração que o dominou ao conhecê-la. Lucien Queria uma esposa dócil e obediente, mas a impetuosidade de Isobel acaba sendo um atrativo inesperado. Mas, para conquistá-la, Lucien terá que revelar a verdade que o fez ficar longe por nove anos.

4. Uma noite inesquecível de Lisa Kleypas – Editora Arqueiro
Descrição: O Natal está se aproximando e Rafe Bowman acaba de chegar a Londres para uma união arranjada com Natalie Blandford. Com sua beleza estonteante e o físico imponente, ele tem certeza de que a linda aristocrata logo cairá a seus pés. No entanto, seus terríveis modos americanos e sua péssima reputação de farrista deixam Hannah, a prima da moça, chocada. Determinada a proteger Natalie, ela vai tornar a tarefa de cortejar a jovem muito mais difícil do que Rafe esperava. Hannah, porém, logo começa a se importar mais do que gostaria com o rude pretendente da prima. Rafe, por sua vez, passa a apreciar um pouco demais a companhia de Hannah, uma mulher forte e pragmática com um coração doce e gentil. E quando Daisy, Lillian, Annabelle e Evie, quatro amigas inseparáveis que já conseguiram encontrar o homem de seus sonhos, decidem agir como cupidos, quem sabe o que pode acontecer? Uma noite inesquecível é uma viagem mágica pela Londres vitoriana, com os diálogos espirituosos e personagens memoráveis que consagraram Lisa Kleypas como uma das autoras de romances de época mais aclamadas pelo público. Nesta continuação da série As Quatro Estações do Amor, os mais cínicos se tornam românticos e até os mais tímidos suspiram, arrebatados de paixão.

Janeiro 2018

A pequena livraria dos corações solitários

Livro I da série

A pequena livraria dos corações solitáriosInformações: Este é o primeiro livro da série “Livraria dos corações solitários” escrito por Annie Darling. Foi publicado pela Editora Verus em 29 de maio de 2017. Número de páginas: 304.

Classificação: Adulto

Descrição: Era uma vez uma pequena livraria em Londres, onde Posy Morland passou a vida perdida entre as páginas de seus romances favoritos. Assim, quando Lavinia, a excêntrica dona da Bookends, morre e deixa a loja para Posy, ela se vê obrigada a colocar os livros de lado e encarar o mundo real. Porque Posy não herdou apenas um negócio quase falido, mas também a atenção indesejada do neto de Lavinia, Sebastian, conhecido como o homem mais grosseiro de Londres. Posy tem um plano astucioso e seis meses para transformar a Bookends na livraria dos seus sonhos — isso se Sebastian deixá-la em paz para trabalhar. Enquanto Posy e os amigos lutam para salvar sua amada livraria, ela se envolve em uma batalha com Sebastian, com quem começou a ter fantasias um tanto ardentes. Resta saber se, como as heroínas de seus romances favoritos, Posy vai conseguir o seu “felizes para sempre”. O primeiro livro da série A Livraria dos Corações Solitários!

Opinião: A temática do livro já me encantou apenas porque a história acontecia em uma livraria ♥ Me diz qual é o leitor que não ama uma história narrada em uma livraria, cheia de citações de outros livros e ainda que contém indicações de leitura!!!

Logo de início conhecemos a história da livraria Bookends, que é passada de geração em geração – Lavínia herdou de sua mãe Agatha – e que ainda fez com que surgisse novos escritores para o mundo literário. Annie Darling traz Posy como protagonista e amante de livros, ela vive no apartamento em cima da Bookends desde que se conhece por gente, e mesmo com o falecimento de seus pais, Lavínia sede o apartamento para Posy viver com seu irmão Sam, por isso ela passa a trabalhar período integral na livraria como vendedora, até a morte de Lavínia. Com a perda de Lavínia e o reaparecimento de seu neto Sebastian, Posy passa a ter várias preocupações como: onde eles deverão morar, se a livraria será vendida, etc. Até que Sebastian a leva ao advogado e ela descobre que agora é a proprietária da Bookends, pois Lavínia a deixou como herança para Posy, porém há uma cláusula que diz que Posy tem dois anos para fazer com que a Bookends volte a ter sucesso, e caso ela não consiga a livraria será passada para Sebastian.

Enfim a história começa… Agora Posy terá que correr contra o tempo e com poucos recursos, pois a livraria está quase falida, e ela terá que reinventá-la para que ela novamente seja uma livraria de sucesso e que realmente gere lucros para ela poder ter uma boa vida e possa pagar seus inusitados funcionários.

A pequena livraria dos corações solitários

O livro é contado em terceira pessoa, é sempre bem humorado, alegre e contém uma ironia sutil, o que faz com que a história flua de forma leve e engraçada, além disso contém partes de um livro que a Posy passa a escrever no tempo da regência e que envolve Sebastian como protagonista.

Há vários pontos que me instigaram a ler cada vez mais o livro, mas o maior deles foi a escrita convidativa e aconchegante da escritora, cada vez que eu lia, me surpreendia, pois se passavam 20, 40, 60 páginas e eu nem percebia, tamanha leveza que há na escrita. Outra coisa que fez-me apaixonar pelo livro foi a história de vida de Posy, ela perdeu seus pais e passou a ser a tutora legal do seu irmão mais novo, Sam, e por causa disso criei um vinculo muito grande com ela e sempre me colocava no lugar dela, principalmente quando ela refletia que tinha que fazer compras de roupas ou sapatos para seu irmão – eu tenho um irmão adolescente e sei o quanto é difícil conseguir agradá-los e isso realmente fez-me enxergar e me por no lugar de Posy.

A pequena livraria dos corações solitários

As provocações realizadas por Sebastian voltadas a Posy, e o modo como ele se refere as pessoas, foi o auge do livro, pois é visível que ele é mimado e não sabe ouvir um não como resposta. Toda essa trama e essas faíscas que saiam deles quando estavam um perto do outro me arrancavam sorrisos, risadas e até mesmo suspiros.

“Que sorte a minha ter algo que torna tão difícil dizer adeus”, Sebastian declarou, e só alguém que o conhecesse tão bem quanto Posy poderia perceber a falha em sua voz…

Com certeza este é um livro para se ter na cabeceira da cama, para fugir do dia a dia estressante e da rotina caótica que temos aqui em São Paulo, cada palavra, cada frase me encantou e me apaixonou, e por isso estou ansiosa para os demais livros desta série que falará sobre cada um dos funcionários da Bookends.

O Projeto Rosie

O Projeto RosieInformações: Publicado pela primeira vez em 30 de janeiro de 2013 pela Editora Record, este livro foi escrito por Graeme Simsion e teve sua capa reformulada para acompanhar a continuação do livro (embora eu preferisse a primeira capa, rs). Número de páginas: 319.

Classificação: Young Adult

Descrição: Perto de completar 40 anos, o peculiar professor de genética Don Tillman havia desistido do amor. Para acompanhar sua rotina severamente cronometrada, com esquema de refeições padronizadas, um cronograma para a execução de cada compromisso (inclusive para a prática de exercícios físicos antes de dormir) e lidar com sua falta de habilidade social, só mesmo a mulher perfeita. E ele já sabe como encontra-la. Ou pelo menos acha que sabe. Ele desenvolve o projeto Esposa Perfeita, um questionário meticuloso que irá ajudá-lo a selecionar candidatas adequadas a seu estilo de vida. Mas quando Don conhece a jovem Rosie ele descobre que nem tudo na vida pode ser programado… e que o amor pode, de repente, vir a seu encontro.

Opinião: Don Tillman está prestes a completar 40 anos e se vê pronto para um relacionamento, e como os números nunca erram, ele resolve  selecionar sua futura esposa através de um teste, pois se tem algo que Don é excelente e realmente domina é a arte da matemática, da lógica – seja com relação as ciências humanas ou exatas.

Por ser este ser tão peculiar, Don tem seu dia a dia todo controlado, desde a hora de acordar até a hora de dormir, e quanto tempo levará para fazer cada coisa da sua rotina, como: o tempo necessário para se lavar um banheiro, para fazer exercícios, quanto tempo leva de sua casa até o trabalho de bicicleta, mas toda essa rotina não tem hora para imprevistos, pois imprevistos não são aceitáveis ao ver de Don, já que todas as semanas são programadas e executadas da mesma forma.

Mesmo sendo um homem metódico e que não sabe se relacionar com as pessoas, Don possui um casal de amigos que o aceitam do modo que ele é, e ainda dão conselhos a ele sobre relacionamento, as vezes ainda resolvem agir como cupidos e arrumar uns encontros para ele – que nunca dão certo, mas nos fazem  rir muito.

O Projeto Rosie

Conhecer o Don me abriu os olhos, principalmente porque existem pessoas que realmente são semelhantes a ele e vivem no próprio mundo, tendo a mesma rotina diária e sendo metódicos, mas o livro me fez ansiar para que algo o tirasse dessa rotina – porque eu me considero metódica, mas o Don extrapolou o nível rs. A cada página virada eu ficava a espreita de alguém aparecer e tirá-lo desta vida, e eis que surgiu a Rosie, uma mulher totalmente sem regras, sem rotina, faz tudo o que vem na cabeça e têm um trabalho totalmente inaceitável ao ver de Don – ela trabalha em um bar a noite.

A relação que eles passam a construir é totalmente diferente de qualquer uma já vista, pois Rosie não muda a vida de Don, na verdade ambos mudam a vida um do outro, é uma troca mútua, um desafia o outro, um aparece sem avisar o outro, e mesmo Rosie não tendo as qualificações necessárias do teste de 17 páginas de Don, ele ainda assim se sente atraído por ela e passa a desenvolver sentimentos que anteriormente ele não havia conhecido ou despertado durante esses 40 anos de vida. Esse desenrolar me fez rir muitas vezes, pois o Don não é um cara igual a qualquer um, ele fala coisas como se fosse um computador, ele sempre está pensando de forma lógica e racional, ele nunca se deixa abalar e até mesmo não é de demonstrar seus sentimentos, já a Rosie, fala o que pensa, faz o que deseja, eles realmente são como a água e o vinho.

O Projeto Rosie

Este livro aborda o tema sobre as expectativas com relação a “pessoa perfeita” que criamos de forma leve e bem fluida, pois Don e Rosie têm cada um suas expectativas diferentes, porém acabam se envolvendo e mudando um ao outro, eles passam a aceitar e diminuir essas expectativas, pois não existe ninguém perfeito o que precisamos é aceitar as pessoas como elas são e deixar a vida fluir e os sentimentos aparecerem, se assim for.

Desde o início me apeguei ao livro, pois cada página virada era engraçada, porque Don com esses trejeitos e manias me fez rir bastante e me encantar com a escrita do Graeme, na hora que Rosie entra em cena me apaixonei mais ainda e a leitura me envolveu mais e deslanchou rapidamente.

– Você me acha atraente? (…)

– Na verdade não prestei atenção – respondi para a mulher mais linda do mundo.

Você sabia?

A trilogia mais fofa e romântica da vida, irá ganhar uma adaptação cinematográfica! Sabem de qual trilogia estou falando? Claro que é a trilogia da Jenny Han – Para todos garotos que já amei. Meu coração está explodindo de tanta felicidade e ansiedade, para ver esse romance tão aclamado na tela dos cinemas.

Quem adquiriu o direito dos livros foi a produtora do Will Smith, e logo após a confirmação, já soltaram nas redes os atores que irão estrelar nesta história. O filme será dirigido por Susan Johnson, e Sofia Alvarez ficará responsável pelo roteiro. As gravações já começaram em Vancouver, Canadá, mas ainda não há data de estreia.

Os atores que darão vida aos personagens são: Lana Condor como Lara Jean; Noah Centineo como Peter Kavinsky; John Corbert como pai da Lara Jean; Janel Parrish como Margot; Anna Cathcart como Kitty e Israel Broussard como Josh.

Lara Jean e Peter Kavinsky

Para todos garotos que já amei

Pai da Lara Jean e Margot

Para todos garotos que já amei

Kitty e Josh

Para todos garotos que já amei

A adaptação promete ser fiel aos livros. E agora mais do que nunca estou ansiosa para ver a trilogia que me arrancou vários suspiros e lágrimas nas telas dos cinemas. Se você ainda não conhece esta trilogia, precisa mais rápido que nunca lê-la, e você pode encontrar as resenhas dos livros aqui mesmo no blog.

Para todos garotos que já amei
P.S.: Ainda amo você
• Agora e para sempre, Lara Jean

 

Breakable

Livro II da série Contornos do Coração

BrekableInformações: Escrito por Tammara Webber e publicado pela Editora Versus em 6 de maio de 2014.

Classificação: Young Adult

Descrição: Landon Lucas Maxfield teve uma infância privilegiada, levando uma vida tranquila com os pais e tendo um futuro promissor à sua frente – até que uma tragédia impensável destruiu sua família e o fez duvidar de tudo que um dia pareceu tão certo.
Agora um intenso e enigmático homem, Lucas só quer deixar o passado para trás. Quando ele conheceu Jacqueline, foi fácil desejar ser tudo aquilo de que ela precisava. Mas se há uma coisa que a vida lhe ensinou é que a alma é frágil e que todos os seus sonhos podem ser destruídos em um piscar de olhos.

Opinião: O primeiro livro nos mostra a história da perspectiva de Jacqueline, já o segundo que é o que vou comentar hoje, nos mostra a história da perspectiva de Landon Lucas…

Para Lucas sua vida era perfeita, tinha uma ótima família, estava terminando o ensino médio e namorava a menina perfeita, só que uma tragédia acontece e ele vê sua vida virando de cabeça pra baixo. Logo ele precisa se mudar, ir para a faculdade e se virar.

A história é intercalada entre o passado e o presente, conseguimos acompanhar o crescimento e amadurecimento do personagem, observamos seus conflitos internos e nos sentimos realmente comovidos com sua história. Por vermos a história da vida de Lucas e pela sua perspectiva passamos a entender o que se passa na sua cabeça, o que algumas vezes não podíamos entender no livro antecessor.

Breakable

Metade do livro nos conta a fundo a história de vida do Lucas, mas assim que ele avista Jacqueline e a salva, a história dos dois começa. Eles passam a trocar e-mails sobre aulas, a conversarem e ficarem mais íntimos gradativamente, mas o Lucas guarda um segredo no qual Jacqueline nem desconfia e que o está matando, e ele precisa resolver este problema logo.

O Breakable me cativou mais do que o Easy, pelo fato da vida do Lucas Landon ser mais sofrida, por ele ter enfrentado mais problemas e mesmo assim seguir em frente. Tammara Webber conseguiu construir um romance leve e com assuntos polêmicos, nos quais ela soube resolvê-los de modo coerente, isto fez com que eu gostasse mais ainda do livro.

Se você ainda não conhece o Easy – Livro I da série Contornos do Coração, venha conferir a resenha.

Como eu era antes de você

como eu era antes de voceInformações: Este é um romance, escrito pela Jojo Moyes e publicado em 5 de janeiro de 2012. Foi traduzido e publicado pela Editora Intrínseca em 2013 aqui no Brasil.

Descrição: Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã que é mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

como eu era antes de voce

Opinião: Esse é um livro que mexeu comigo, pois realmente a Lou quer fazer diferença. Apesar de ela ser acomodada a sua vida, ela é diferente e  você logo percebe isso ao modo como ela se veste. Acho que a situação da família dela e sua insegurança por não ter feito uma faculdade a deixou acomodada.

A história inicia com o Will Traynor antes do acidente e pelo que vimos ele era um homem ativo, gostava de esportes radicais e era bem sucedido, mas após seu acidente ele fica deprimido e sem vontade de viver.

Logo após embarcamos na vida de Louisa Clark que é uma jovem de 26 anos, que trabalha há anos no mesmo café e sempre faz as mesmas coisas, ela possui um relacionamento há 7 anos, no qual ela sempre se pergunta porque não foi pedida em casamento ainda. Seu namorado é superficial e bem frio em minha opinião.

Quando o café onde ela trabalha tem que fechar, ela se vê sem rumo, pois não sabe fazer outra coisa, mas mesmo assim vai à busca de um novo trabalho e acaba como cuidadora de um tetraplégico, o Will Traynor.

No início foi muito difícil para ela, pois o Will não facilita e é arrogante, chato, grosso e deixa bem claro que não a quer por perto, mas ela faz o serviço dela sem questionar, mesmo não estando feliz com a situação. Mas quando ela descobre que o Will tentou suicídio a história muda, pois ela quer ajudar ele e por isso faz um acordo com os pais dele, ela pede 6 meses para poder tentar ajudá-lo a mudar de opinião.

E é aí que a história começa!

E não posso falar mais, rs. Mas o modo como a Lou tenta ajudá-lo… Ela programa vários passeios, viagem para tentar reanima-lo  e isso acabou me tocando, pois mostrou o quanto ela era boa e se importava com ele, mesmo no início ele ter demonstrado total aversão a ela. Nessa busca para ajudá-lo, os dois passam a serem cumplices, companheiros e até mesmo desenvolver um sentimento um pelo outro que vai amadurecendo ao decorrer do livro e o namorado frio da Lou passa a ficar com ciúmes.

Mas o mais engraçado é que ela tenta ajudar o Will a ver como a vida é boa e não deve ser tirada e ele ao mesmo tempo tenta fazê-la enxergar que ela é jovem e tem que ir atrás de seus sonhos.  A simplicidade como esses personagens foram construídos e como a história aconteceu, me prendeu muito e me fez chorar, rir, sentir dó e ficar realmente tocada, a história realmente é muito bonita.

Fora que a ligação que ela tem com a família e o modo como ela se preocupa e os coloca sempre acima de tudo é bonito, pois aborda as dificuldades que há em uma família, mas como eles podem se ajudar e se fortalecer.

Essa é a minha opinião sobre o livro e espero que vocês gostem. Se já leram deixa a opinião sobre o livro, mas se não leram deixa a opinião sobre a minha resenha!

Easy

Bom dia pessoal!
Tudo bem com vocês? Hoje vim dar a primeira dica de livros do ano de 2.015 e escolhi um romance no qual eu amo e sou apaixonada, eu o li no ano passado e é um dos meus favoritos, tem continuação, mas eu ainda não li, pois lançou faz pouco tempo, maaaas como uma boa leitora compulsiva eu já comprei e está na minha lista para ler, rs. Então vamos lá!

Livro I da série Contornos do Coração

Informações: Livro escrito pela Tammara Webber e publicado pela Editora Verus em 2.013, seu gênero é New Adult e já está em sua 2º edição. Número de páginas: 305.

Descrição: Quando Jacqueline segue o namorado de longa data para a faculdade que ele escolheu, a última coisa que ela espera é levar um fora no segundo ano. Depois de duas semanas em estado de choque, ela acorda para sua nova realidade: ela está solteira, frequentando uma universidade que nunca quis, ignorada por seu antigo círculo de amigos e, pela primeira vez na vida, quase repetindo em uma matéria. Ao sair de uma festa sozinha, Jacqueline é atacada por um colega de seu ex. Salva por um cara lindo e misterioso que parece estar no lugar certo na hora certa, ela só quer esquecer aquela noite — mas Lucas, o cara que a ajudou, agora parece estar em todos os lugares. A atração entre eles é intensa.

No entanto, os segredos que Lucas esconde ameaçam separá-los. Mas eles vão ter de descobrir que somente juntos podem lutar contra a dor e a culpa, enfrentar a verdade — e encontrar o poder inesperado do amor.

Opinião: O gênero New Adult está cada vez mais encantando as pessoas de todas as idades e como não sou diferente me encantei por este livro.

Esta história ocorre na faculdade, que é onde Jacqueline vai com o seu namorado estudar. Ela acaba terminando o namoro de forma triste e tem que encarar tudo sozinha apesar de ter amigos que a ajudam, pois ela estava lá com ele, e acaba mostrando o que acontece quando seguimos uma pessoa e acaba não dando certo. A forma como retrata a separação e como mostra o turbilhão de sentimentos que ela tem é o que prendeu a minha atenção desde o começo.

A forma como ela e o Lucas se conhecem e o fato de os dois vivenciarem conflitos internos, mas tentarem se aproximar e ficar juntos é surpreendente. O livro ainda trás troca de e-mails entre os dois, aonde começam a se conhecer e ficarem cada vez mais íntimos.

O romance é envolvente e abrange vários fatores e assuntos polêmicos, como namoro, assédio, família, perdas e como é a universidade americana, mas tudo isso narrado pela autora é o que faz com que sentimos o mesmo que os personagens, como: raiva, aflição, desejo, conflitos, entre outros sentimentos. A leitura é fácil e agradável e nos prende do começo ao fim.

Espero que tenham gostado! Até a próxima dica de livro.